close
logorovivo2

ODONTOLOGIA: Cirurgiã-dentista da Astir comenta suas especialidades

As necessidades, os medos e a maneira do paciente lidar com a dor devem ser compassivamente entendidos

ASSESSORIA ASTIR

19 de Setembro de 2018 às 14:43

ODONTOLOGIA: Cirurgiã-dentista da Astir comenta suas especialidades

Maria Simone – Técnica em higiene bucal/ Denise Erpen cirurgiã-dentista FOTO: (Assessoria Astir)

A cirugiã-dentista, Denise Erpen comenta as especialidades que atua na Astir conforme segue:

 

 

Cirurgia geral oral

 

Cirurgia bucomaxilofacial ou, mais corretamente, cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial é uma especialidade odontológica que trata cirurgicamente as doenças da cavidade bucalface e pescoço, tais como: traumatismos e deformidades faciais (congênitos ou adquiridos), traumas e deformidades dos maxilares e da mandíbula, envolvendo a região compreendida entre o osso hióide e o supercílio de baixo para cima, e do tragus a pirâmide nasal, de trás para diante.

 

Dentre as doenças existem os tumores benignos e malignos, os cistos dos maxilares, as provocadas por fungosvírus, e manifestações associadas a doenças sistêmicas como AIDStuberculosesífilis entre outras. As deformidades faciais são compreendidas desde as seqüelas de doenças como o câncer, os traumas severos, ou distúrbios do desenvolvimento, como as síndromes ou alterações do desenvolvimento como a prognatismo (aumento dos maxilares), micrognatismo (diminuição dos maxilares) ou a combinação delas.

 

 

Lesões simples de boca

 

As irritações ou lesões orais são inchaços, bolhas ou feridas na boca, lábios ou língua. Apesar de haver numerosos tipos de feridas e desordens orais, as mais comuns são as aftas, o herpes, a leucoplasia e a candidíase. Cerca de 1/3 de toda a população apresenta ou apresentou estas lesões em certa idade. As feridas orais, irritações e as lesões podem ser dolorosas, não detectáveis e podem interferir com a mastigação e com a fonética. Geralmente curam passados sete a 10 dias, e caso persistam por mais de uma semana devem ser examinadas. 



Pode ser aconselhada uma biópsia (tecido removido para exame) que pode, normalmente, determinar a causa, sabendo-se se trata de alguma doença mais grave, como o cancro e o HIV.

 

 

Exodontia

 

É a remoção cirúrgica de um elemento dentário

 

 

Extração do siso

 

extração do siso é uma cirurgia para a retirada dos dentes terceiros molares, conhecidos também como dentes do siso ou dentes do juízo. A cirurgia de extração do siso pode ser feita quando os dentes já nasceram ou mesmo para dentes que não vão nascer - é o chamado dente do siso incluso.

 

 

Endodontia em urgência

 

As urgências em endodontia são uma das mais nobres e importantes missões, pois geralmente refere-se à promoção do alívio da dor do paciente.

 

Dor é definida como “uma experiência desconfortável e emocional associada com dano tecidual atual ou potencial, ou descrita em termos de tal dano”.

 

É uma experiência de natureza multidimensional, e é sempre subjetiva e associada com fatores emocionais e cognitivos. Hoje é plenamente aceito que a dor é muito mais do que a mera atividade no nociceptor e caminhos nociceptivos do sistema nervoso suscitados por um estímulo nocivo. A dor é invariavelmente um estado psicológico e pode ser reportada na ausência de dano tecidual ou qualquer causa patofisiológica aparente.

 

A cirugiã-dentista ALERTA: Não tome qualquer tipo de medicamento sem receituário, sobras de medicamentos ou por indicação de terceiros, pode ser prejudicial para sua saúde e em alguns casos podem ocorrer dosagens altas (overdose) e levar o paciente até o óbito. Consulte sempre com os profissionais de odontologia prevenir é o melhor remédio!

 

A dor de origem pulpar ou periapical corresponde a aproximadamente 90% dos casos de urgências em consultórios odontológicos, exigindo muitas vezes atendimento em finais de semana, feriados ou em horário “não comercial” para intervenção endodôntica e alívio da sintomatologia dolorosa.

 

Uma urgência endodôntica ocorre quando há dor ou edema oriundo de processo inflamatório ou infeccioso dos tecidos pulpares e/ou periapicais.

 

Os principais quadros clínicos associados a dor aguda considerados como urgências endodônticas são:

 


• pulpite sintomática
• periodontite apical sintomática infecciosa
• abscesso periapical sem fístula
– fase I (inicial)
– fase II (em evolução)
– fase III (evoluído)

 

Por ser a dor uma entidade psicológica e biológica, o controle da dor odontogênica deve considerar tanto sinais e sintomas físicos quanto o estado emocional do paciente. As necessidades, os medos e a maneira do paciente lidar com a dor devem ser compassivamente entendidos. Esta avaliação e a capacidade do dentista em construir uma relação de confiança com o paciente são fatores fundamentais para o sucesso do tratamento.

 

Denise explica que em conjunto com o CEL PM RR DENT Ney (cirurgião bucomaxilofacial) operam pacientes em centro cirúrgico principalmente crianças excepcionais com médico anestesista, técnica de higiene bucal. Intervenções cirúrgicas eletivas ou de emergência.

 

O SGT PM RR Debrando, gestor do centro de odontologia informa que os equipamentos, aparelhos, materiais entre outros de qualidade máxima, comprados e inspecionados pelo SGT PM RR Debrando, gestor da odontologia, ato da entrega dos fornecedores. “Nenhum detalhe é pequenos demais”, essa é a missão do gestor entre outras.

 

 

(SGT PM RR Debrando – Gestor da odontologia)

 

 

Ainda de acordo com Debrando, Denise Erpen atende às terças e quintas-feiras o período da tarde, agendado, porém fica de sobreaviso para qualquer imergência ou substituir outro profissional que por força maior não possa atender no seu dia e horários, ou seja, o associado não fica sem atendimento, isso eu garanto!, Disse Debrando.

 

“Os profissionais que prestam serviços no moderno centro de odontologia da Astir são altamente capacitados e com várias especializações e atendem nos dias e horários conforme agenda publicada no lado direito do site www.astir.org.br

 

 

(Subtenente PM Mauro Seibert – Vice-diretor executivo da Astir)

 

 

Em caso de urgência e emergência o associado deverá ser conduzido para o Serviço de Pronto Atendimento, que trabalha 24 horas, 7 dias por semana, com médico, equipe de enfermagem padrão e outros profissionais de sobreaviso, o inclui cirurgiões-dentistas, finalizou Seibert.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS