close
logorovivo2

6ª EDIÇÃO: IFRO organiza etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

O evento acontecerá no Porto Velho Shopping das 10h às 22h

ASSESSORIA

25 de Setembro de 2018 às 15:12

6ª EDIÇÃO: IFRO organiza etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

FOTO: (Assessoria)

Entre os dias 28 e 30 de setembro, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) realizará a etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). O evento acontecerá no Porto Velho Shopping das 10h às 22h e contará com a participação de estudantes do IFRO e de outras escolas públicas e privadas.

 

Esta será a 6ª edição organizada pelo IFRO no estado de Rondônia. Em 2017 foram aproximadamente 200 participantes. Na edição de 2018 a previsão é de 300 participantes efetivos e cerca de 1.500 pessoas como público diário acompanhando as atividades. As equipes vencedoras poderão participar da etapa nacional a ser realizada nos dias 6 a 9 de novembro, em João Pessoa (PB).

 

Dentre os objetivos do evento está o de promover, fomentar e desenvolver a área de robótica, essencial ao desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil, atingindo como público-alvo os alunos do ensino fundamental, médio e técnico.

 

 

Competições e oficinas

 

Trinta e duas equipes estão inscritas nas competições. Serão realizadas provas de robótica, utilizando a categoria de resgate da OBR como atividade principal, e também competições nas categorias sumô, cabo de guerra e viagem ao centro da terra. Também serão aplicadas oficinas de Introdução a Robótica e de Arduíno.

 

 

Como funciona a competição

 

A competição se desenvolverá em quatro etapas, sendo duas em cada dia. Nesse caso, cada equipe irá para a arena de competição quatro vezes. Para isso eles necessitam calibrar os sensores dos robôs, bem como reprogramá-los durante a competição, caso seja necessário.

 

No ambiente da competição terão várias bancadas, sendo destinada uma para cada equipe. São nesses locais que os competidores poderão trabalhar em seus robôs para que no momento em que forem chamados para a arena de competição possam apresentar o resultado do que foi programado em seu robô.

 

Cada equipe terá direito a cinco minutos dentro da arena de competição em cada etapa.  Nesse período o robô da equipe competidora deverá cumprir o percurso feito de acordo com as regras da competição.

 

Uma vez que existem 32 equipes inscritas nas competições, o tempo médio de cada etapa é de duas horas, totalizando quatro horas de competição diária. No entanto, fora desse horário de competição, a área de teste e as bancadas de programação serão abertas para que os alunos possam usufruir do ambiente de competição para calibrar o robô e obter melhor desempenho durante sua apresentação na competição.

 

 

O que é a OBR

 

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é um programa contínuo em que os participantes têm a oportunidade de refletir, praticar e desenvolver todo o seu potencial na área tecnológica. Segundo a Pró-Reitora de Extensão, Maria Goreth Araújo Reis, inserir a robótica no contexto educacional pode trazer excelentes resultados em todos os níveis em termos de mudança de paradigma para o aprendizado baseado na experimentação, trabalho em grupo e motivação do corpo discente. “A robótica pode atuar como fator fundamental para a inclusão, não apenas digitalmente ou tecnologicamente, mas socialmente, levando estudantes a se integrarem de maneira efetiva à sua comunidade escolar e à sociedade. Mais do que isso, a robótica tem sido utilizada como ferramenta para o ensino de conteúdos transversais, tais como ciências, física, matemática, geografia, história, dentre outras disciplinas”, explica.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS