close
logorovivo2

DIREITOS: Soldados da Borracha vão receber homenagem em ministérios do novo governo

Em linhas gerais, o registro dos melhores momentos das lutas empreendidas pelos dirigentes do Sindicato dos Soldados da Borracha e Seringueiros da Amazônia Ocidental Brasileira (SINDSBOR).

ASSESSORIA

25 de Março de 2019 às 17:09

DIREITOS: Soldados da Borracha vão receber homenagem em ministérios do novo governo

FOTO: (Assessoria)

Em linhas gerais, o registro dos melhores momentos das lutas empreendidas pelos dirigentes do Sindicato dos Soldados da Borracha e Seringueiros da Amazônia Ocidental Brasileira (SINDSBOR).

 

Os dirigentes do Sindicato dos Soldados da Borracha e Seringueiros da Amazônia Ocidental Brasileira na luta pela reparação dos direitos dos trabalhadores que durante o esforço de guerra vieram para os seringais amazônicos, é que, mais uma vez, foram recebidos no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, em Brasília.

 

 

 

 

A representação da categoria, por uma semana, apresentou novos argumentos e discutiu com a ministra Damares Alves, titular da pasta, a validade da aprovação do desembolso do 13º Salário (Abono Natalino), atendimento médico em hospitais militares, além da inclusão dos beneficiários no Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.

 

De acordo com o Vice-Presidente do Sindicato da categoria (SINDSBOR), George Telles Menezes (Carioca), “a cessão de imóveis do Minha Casa Minha Vida deve contemplar os que ainda não tem moradia e vivem sem poder comprar nem mesmo remédios prescritos nos postinhos de saúde do SUS espalhados na Amazônia”.

 

A ministra Damares, após os relatos sobre a atual realidade de extrema pobreza a que estão expostos soldados da borracha e seringueiros nos grotões amazônicos mobilizou assessores do ministério e juntamente com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, instalem uma Força-Tarefa para cuidar das demandas repassadas ao novo governo.

 

O dirigente do SINDSBOR em uma ação inédita e efetiva, sensibilizou a ministra a incluir na próxima pauta, a realização de uma homenagem solene à categoria entre o ministério dela e o da Cidadania, em Brasília.

 

Carioca relatou que a ida aos ministérios foi válida. “Os resultados positivos da agenda cumprida, em Brasília, dessa vez, reforça mais do que nunca o compromisso assumido pelo presidente Jair Bolsonaro quando esteve no Acre, de apoiar os seringueiros da Amazônia”.

 

 

 

 

Segundo ele, diferentemente de outras lutas direcionadas à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, os relatos com documentos comprobatórios – que só o SINDSBOR tem e não grupos paralelos -, sensibilizaram os ministros.

 

Um desses, foi o de um soldado, de 108 anos lesado em seus direitos, bem como em outros vitimados por conta e risco da vida terminal que levam nos estados do Acre, Amazonas, Rondônia, Pará e Amapá.

 

Em linhas gerais, o registro dos melhores momentos das lutas empreendidas pelos dirigentes do Sindicato dos Soldados da Borracha e Seringueiros da Amazônia Ocidental Brasileira (SINDSBOR).

 

Segundo os analistas José Ricardo Costa e Roberto Lemes Soares,  avaliou como um avanço a visita. “No âmbito do novo governo, o caráter de uma possível homenagem solene no Planalto, denota aceitação de parte de direitos perdidos no passado recente”.

 

Ao mesmo tempo, em Brasília, Carioca pode expor à ministra Damares Alves, nos demais ministérios e à Justiça Federal, ao lado do Jurídico do SINDSBOR, nessa inicial de novas buscas em prol da manutenção dos direitos da categoria. , “Desde a Segunda Guerra, eles enfrentam caminhos difíceis. De lá pra cá, reais direitos foram tirados e parte de outros foram concedidos”, afirmou ele.

 

Nessa nova luta as prioridades da categoria foram mostradas aos ministros, entre as quais, a assistência médica em hospitais militares, o direito de ter direito à moradia e ao 13º Salário, a um contingente ainda vivo de mais de 4 mil remanescentes convocados e recrutados pelo Ministério da Guerra no Nordeste e Amazônia, arrematou Carioca.      

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS