close

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Entidades sindicais cobram da bancada posicionamento quanto a PEC

. A reunião ocorreu na Sede do Sintero, em Porto Velho e contou a presença de representantes de vários seguimentos da sociedade

ASSESSORIA SINDSEF

24 de Junho de 2019 às 15:56

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Entidades sindicais cobram da bancada posicionamento quanto a PEC

FOTO: (Divulgação)

Reunião conjunta realizada na manhã desta segunda-feira, 24, pelos sindicatos unificados e movimentos sociais convocaram os parlamentares da bancada federal de Rondônia para manifestarem seus posicionamentos quanto a Proposta de Emenda Constitucional 60, da Reforma da Previdência. A reunião ocorreu na Sede do Sintero, em Porto Velho e contou a presença de representantes de vários seguimentos da sociedade, inclusive de caranas municipais.

 

Mais uma vez estamos dizendo aos nossos parlamentares que é preciso que a bancada de Rondônia conteste vários pontos da Reforma da Previdência, se não ela toda. O Governo Federal elegeu a reforma como  a salvação da economia do pais. Será que retirando recursos financeiros dos menos favorecidos, vai resolver o problema do país?”, indagou Abson Praxedes, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO.

 

O presidente recordou ainda que em 2017, quando foi apresentada a reforma foram realizados vários movimentos contra a Reforma da Previdência e de forma positiva ao enfrentamento, a reforma foi arquivada no Congresso. Agora, o atual Governo quer novamente aprovar a reforma, chamando a de “Nova Previdência” e mais uma vez atacando direitos já conquistados dos trabalhadores brasileiros.

 

Para possibilitar  a participação dos três senadores e 8 deputados (as) federais, o  Fórum dos Trabalhadores de Rondônia protocolou convite no dia 04 de junho, estipulando ainda a data de 24 de junho, numa segunda-feira, para realizar a reunião conjunta, uma vez que comumente todos os parlamentares se encontram no estado.

 

Apenas o deputado federal Mauro Nazif compareceu ao evento e se manifestou contrario a aprovação da reforma proposta por entender que a PEC prejudica apenas algumas categorias, adia e impede a aposentaria de alguns trabalhadores. Os deputados federais, Léo Moraes, Expedito Neto e Jaqueline Cassol justificaram a ausência.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS