close

VÍDEO: Comunidade do Baixo Madeira invade prefeitura e cobra direito a escola

Nessas localidades, os estudantes estão há mais de um ano fora da sala de aula

RONDONIAOVIVO

17 de Julho de 2019 às 10:27

.

Moradores da região do Baixo Madeira, em Porto Velho, invadiram a sede da prefeitura da capital, no histórico Prédio do Relógio, para mais uma vez cobrar o início do ano escolar, que está atrasado em decorrência da ineficiência da atual gestão em gerir o serviço de transporte escolar.

 

O prefeito Hildon Chaves (PSDB) não estava no local e a comunidade revoltoda foi recebida mais uma vez pelo secretário municipal de Educação, Márcio Felix, além do secretário geral da prefeitura, Devanildo Santana.

 

Estudantes carregavam cartazes exigindo o direito básico de acesso ao sistema educacional e a comunidade não se fez de rogada para cobrar de forma incisiva o secretário, que mais uma vez ponderou uma série de fatores levaram a esse problema. Márcio lembrou entre eles, o entrave do serviço após deflagração de operação da Polícia Federal que desvendou irregularidades no serviço disponibilizado aos ribeirinhos.

 

Um contrato de licitação para a retomada do transporte escolar fluvial em Porto Velho está em andamento, sob competência do Governo do Estado de Rondônia, isso depois de seguidas tentativas da municipalidade.

 

Impaciente, a comunidade promete manter as manifestações até que as aulas finalmente iniciem. Nessas localidades, os estudantes estão há mais de um ano sem frequentar as escolas.

 

Veja o vídeo:

 

VÍDEO: Comunidade do Baixo Madeira invade prefeitura e cobra direito a escola

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS