close

SUSTENTABILIDADE: Fiero é parceira do Fórum Internacional Amazônia+21

A Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), une-se ao município de Porto Velho e demais parceiros na busca do desenvolvimento industrial sustentável

ASSESSORIA

16 de Setembro de 2019 às 10:18

SUSTENTABILIDADE: Fiero é parceira do Fórum Internacional Amazônia+21

FOTO: (ASSESSORIA)

Fomentar o crescimento dos negócios e pesquisas de forma sustentável, alinhando o desenvolvimento e a preservação da biodiversidade da região. Com este objetivo foi lançado, na última terça-feira, 10, o Fórum Internacional Amazônia+21, que tem data marcada para acontecer em maio de 2020.

 

A Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), une-se ao município de Porto Velho e demais parceiros na busca do desenvolvimento industrial sustentável. A entidade sempre atuou neste sentido e participa ativamente do Conselho Temático de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Coemas) que tem como pauta o aperfeiçoamento da legislação ambiental, estimulando práticas de conservação e uso eficiente dos recursos naturais e formula diretrizes e estratégias para subsidiar o processo decisório e o posicionamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) na agenda de meio ambiente e sustentabilidade.

 

Iniciativas como o polo industrial de Manaus, que conseguiu ampliar o mercado de trabalho, sem abrir mão da conservação do meio ambiente e da qualidade de vida da sua população e o documento lançado pela CNI – Reúso de Efluente: metodologia para análise do potencial de uso de efluentes tratados para abastecimento industrial, são propostas e alternativas apoiadas pela Fiero. 

 

Entre os assuntos debatidos pela entidade, vale destacar a implantação do Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais (Sinaflor), criado pelo governo federal para gerir a gestão florestal em todo o país e a revalidação do calendário florestal em Rondônia.

 

Por isso a Federação acredita que o Amazônia+21, que iniciará no próximo ano, e se estenderá dentro de uma agenda permanente, seja a grande oportunidade para a discussão onde haverá ainda, apresentação de soluções de como aproveitar o potencial de riquezas da região, com o mínimo de impactos ambientais, dentro de uma política definida.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS