close

DESCONTOS: Mais lojistas de Porto Velho devem aderir à Black Friday 2019

Na avaliação da presidente da CDL-PVH, apesar da Black Friday ser uma data ainda recente no comércio brasileiro, ano a ano vem ganhando espaço

ASSESSORIA CDL

5 de Novembro de 2019 às 08:19

DESCONTOS: Mais lojistas de Porto Velho devem aderir à Black Friday 2019

FOTO: (ilustrativa)

O comércio de Porto Velho deve acompanhar a tendência nacional e mais empresários devem aderir à Black Friday este ano. Essa é a expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas baseada em dados apurados em todas as regiões do país pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e SPC Brasil. De acordo com a pesquisa dessas entidades, 21% dos empresários que atuam no ramo do comércio e de serviços devem aderir ao dia de promoções da Black Friday 2019, que neste ano será comemorada em 29 de novembro. Se as estimativas se confirmarem, haverá um crescimento das adesões, uma vêz que em 2018, 16% dos empresários participaram do evento.

 

Para a presidente da CDL-Porto Velho, Joana Joanora das Neves, a estimativa nacional é a mesma local. “Estamos otimistas porque o comércio acompanha a tendência de recuperação da economia. Então, a expectativa é de crescimento da adesão à Black Friday aqui também por parte dos empresários locais”, avalia.

 

Cada vez mais incorporada ao calendário de datas comemorativas do varejo nacional, a Black Friday, deixa os empresários, de modo geral, esperançosos com a data. A pesquisa nacional aponta que 43% dos empresários consultados acreditam que, durante o evento, as vendas em 2019 serão melhores do que as do ano passado, enquanto 32% falam em estabilidade. Apenas 11% projetam vendas piores.

 

A experiência em anos anteriores explica a razão do otimismo desses empresários. Dentre os que aderiram a Black Friday em 2018, a maioria (63%) obteve bons resultados de vendas, seja por terem vendido acima das expectativas (20%) ou obtido um resultado conforme o esperado (43%). Em contrapartida, pouco mais de um terço (34%) dos empresários registrou vendas abaixo do projetado.

 

Na avaliação da presidente da CDL-PVH, apesar da Black Friday ser uma data ainda recente no comércio brasileiro, ano a ano vem ganhando espaço. “Os empresários de Porto Velho estão antenados. Estão vendo que esse movimento tem ganhado, a cada ano, mais força no Brasil, não querem ficar de fora dessa onda. É um movimento positivo para o comércio e para os consumidores. Oportunidade de compras com descontos e aquecimento das vendas. Quem não quer?”, questiona Joanora.

 

Inspirada nos Estados Unidos, a data chegou ao Brasil com foco na venda on-line. Hoje, já é possível ver o varejo físico aderindo às promoções. "É uma oportunidade para vender mais, comercializar estoques parados e também para o empresário avaliar tendências de compra, tornando a sua marca mais conhecida e fidelizar novos clientes”, afirma José César da  Costa, presidente da CNDL. De acordo com a pesquisa dessa entidade, os descontos da Black Friday este ano serão, em média, de 24%.

 


Metodologia

 

A pesquisa ouviu 1.177 empresários de todos os portes que atuam no comércio e no setor de serviços nas cinco regiões do país, tanto nas capitais quando no interior. A margem de erro é de no máximo 3,00 pontos percentuais a uma margem de confiança de 95%.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS