close

PATRIMÔNIO HISTÓRICO: Superintendente do IPHAN afirma que peças da EFMM foram roubadas

Caminhão sem placa foi registrado por ferroviários no momento em que carregava peças históricas furtadas

DA REDAÇÃO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

28 de Janeiro de 2020 às 14:32

PATRIMÔNIO HISTÓRICO: Superintendente do IPHAN afirma que peças da EFMM foram roubadas

FOTO: (Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (28), uma reunião realizada na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, debateu sobre o que de fato está acontecendo na área da Estrada de Ferro Madeira Mamoré – EFMM, onde peças históricas vem sendo cortadas e levadas para o ferro velho.

 

De acordo com a Superintendente do IPHAN, Delma Batista, houve um levantamento de algumas peças inservíveis que foram consideradas sucatas e que tiveram autorização para que fossem retiradas pelos ferroviários da EFMM, porém, existem pessoas ainda desconhecidas que estão retirando as peças de forma ilegal.


“Somente no mês passado que os ferroviários fizeram a retirada das peças, nada do que foi realizado esse mês teve a participação deles. Vamos até a delegacia para registrar Boletim de Ocorrência e vamos verificar o que está faltando e o que foi retirado do lugar indevidamente”, afirmou Delma Batista.

 

Associação parceira da EFMM

 

Já para o vice-presidente da associação dos ferroviários da Madeira Mamoré, George Teles, todo e qualquer procedimento realizado pela associação conta com a participação de técnicos do IPHAN e de forma infeliz passaram a acusar os ferroviários pelo que está acontecendo.

 

“A associação vem fazendo um trabalho legalmente em parceria com o IPHAN nos materiais inservíveis para revertê-los em dormentes, e infelizmente várias pessoas que nunca tiveram compromisso com o patrimônio histórico estão falando, é lamentável, pois os órgãos sabem que estamos trabalhando com responsabilidade, não estamos brincando”, disse George Teles.


A polícia já está acionada para investigar um caminhão que foi fotografado retirando as peças da EFMM de forma ilegal.

 

Veja vídeo:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS