close

PODE CAIR: Ferrugem e descaso estão colocando em risco as Três Caixas D’Água

Atual administração da capital ignorou alerta feito pela Defesa Civil e Ministério Público sobre a situação desse monumento histórico da capital

RONDONIAOVIVO

29 de Janeiro de 2020 às 16:00

PODE CAIR: Ferrugem e descaso estão colocando em risco as Três Caixas D’Água

FOTO: (Divulgação)

Um dos símbolos de Porto Velho, as Três Caixa D’Águas, localizadas no bairro Caiari, na região central da cidade, estão com a estrutura comprometida. Apesar de estamparem até a bandeira do município e fazerem parte do acervo histórico da capital, elas estão relegadas ao descaso e ao vandalismo por parte de atual gestão da prefeitura municipal.

 

A base de uma delas está corroída pela ferrugem e falta de manutenção. Essa situação coloca a em risco a população e as residências que ficam no entorno da praça onde se encontram esse monumento histórico.

 

O problema não é recente. Em outubro de 2018, tanto o Ministério Público quanto a Defesa Civil, já haviam alertado para a situação e a necessidade de se fazer os reparos na estrutura do monumento.

 

VEJA MAIS

 

ATUALIZADA: Uma das Três Caixas D’Água corre risco de desabar e área é isolada

 

ABANDONADA: Histórica Caixa D’água corre risco de desabar e coloca comunidade em perigo

 

DESRESPEITO: Praça das Caixas D’água está sendo usada como estacionamento

 

Na época, os técnicos afirmavam que a provável causa da corrosão na base delas, seria o fato de as pessoas urinarem no símbolo da cidade. O Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN) e o Corpo de Bombeiros também foram notificados da situação.

 

Inclusive, o MP exigiu que em um prazo de 30 dias fosse feita, por parte da prefeitura, uma reforma no monumento histórico. No entanto, passados mais de um ano, nada foi feito e, ao que parece, o problema se agravou ainda mais.

 

O repórter William Ferreira Homem do Tempo, esteve no local e fez um vídeo constatando a total falta de compromisso com a memória histórica de nossa cidade por parte da Prefeitura de Porto Velho e dos órgãos de fiscalização.  

 

Veja o vídeo:

 

   

História



As Três Caixas D’Água foram projetadas e construídas pela empresa Chicago Bridge & Iron Works, de Chicago-Estados Unidos.

 

 

Elas foram trazidas dos Estados Unidos para a nossa cidade, desmontadas em kits, no começo do século XX para atenderem as obras da Estrada de Ferro Madeira Mamoré e à população da época.

 

Em 1910 foi instalada a primeira e em 1912 as outras duas. Funcionaram até a década de 1950. Cada reservatório possui capacidade pra armazenar duzentos mil litros d’agua. Os tanques são de forma cilíndrica, cobertos com chapas de metal de forma cônica e a base em formato côncavo.

 

São elevadas do chão por quatro colunas de ferro. Circundadas por uma passarela com parapeito metálico, por onde se chega através de uma escada.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS