close
logorovivo2

Após um ano da nova gestão, moradores protestam nas redes sociais

Hospital Municipal está tomado por mato e entulho. Já as principais vias da cidade continuam esburacadas e no escuro, mesmo depois de um ano da gestão de Evandro Marques (DEM)

RONDONIAVIP

8 de Janeiro de 2018 às 15:29

Após um ano da nova gestão, moradores protestam nas redes sociais

FOTO: (Divulgação)

Depois de um ano da gestão de Evandro Marques (DEM) à frente da Prefeitura de Monte Negro, a revolta toma conta da população da cidade que se manifesta de diversas maneiras nas redes sociais.
 

Um dos motivos é o mato e entulho que estão emporcalhando a frente do Hospital Municipal Irmã Dulce. Quem passa no local tem a sensação que o prédio está abandonado, pelo tamanho da vegetação na porta do pronto-socorro e o acúmulo de entulhos nas laterais e na calçada.
 

O internauta Josimar Antônio da Cruz Cunha tirou uma foto e na legenda oferecia o entorno da unidade de saúde para a agropecuária. “Aluga-se pasto do Hospital de Monte Negro”, brincou ele.
 

Não tão longe dali, no Centro Comercial da cidade, os buracos tomam conta das principais vias da cidade. A revolta é tanta que também já circula uma foto de uma vaca leiteira defecando e com o “produto”, os buracos são tapados.
 

O motivo seria a parceria feita ainda nas eleições entre o então candidato Evandro Marques e a “turma do Boi”, que o apoiou. Já como prefeito, Marques iniciou um trabalho de recuperação das ruas de Monte Negro com asfalto quente, mas como se vê, o serviço foi mal feito ou nem chegou a ser concluído em várias vias.

 

Breu
 

Outra reclamação da população é a péssima qualidade da iluminação pública que além de não funcionar em vários pontos da cidade, recentemente a prefeitura substituiu algumas refletores para iluminação com lâmpadas de Led que são inadequadas. A população alega que a iluminação ruim gera insegurança para a população, já que favorece atividades criminosas, para os moradores a iluminação é fraca. "Eu particularmente deixo a luz do quintal acesa a noite toda para eu poder chegar com uma iluminação melhor, porque senão eu chego e está muito escuro e eu tenho medo de ser assaltado", afirmou o morador Carlos Dias.
 

Os municípios têm uma verba específica para não deixar ninguém no escuro. Todo mês na conta de luz vem a cobrança da contribuição de iluminação pública, que o morador tem que pagar.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS