close
logorovivo2

CEREJEIRAS: Caminhoneiros aderem a greve e fecham entrada da cidade

Manifestantes pedem intervenção militar e troca mudança de governo

FOLHA DO SUL

26 de Maio de 2018 às 09:55

CEREJEIRAS: Caminhoneiros aderem a greve e fecham entrada da cidade

FOTO: (Folha do Sul)

Um grupo de caminhoneiros interdita a entrada da cidade de Cerejeiras desde a manhã de ontem (sexta-feira, 25). Com nove caminhões e dois tratores (no momento em que começou a manifestação), os manifestantes paravam todo veículo de carga que tentava passar e obrigava o condutor a estacionar. A manifestação ocorre na saída para Colorado do Oeste, próximo a Amaggi.



A reportagem do FOLHA DO SUL ONLINE esteve no local às 10h00 da manhã. Dois caminhões pequenos carregados de cerveja vinham de Vilhena e foram parados pelos manifestantes. Um caminhão-tanque truco tentou sair de Cerejeiras para buscar leite nas propriedades rurais, mas não conseguiu passar na barreira dos manifestantes e teve que voltar.



Um dos organizadores da greve no município, Edmilson Vidotti Viotto, caminhoneiro e produtor rural, explica as razões do movimento. “Não queremos apenas a redução do preço do diesel. Queremos a diminuição da estrutura do governo”, afirmou.



O produtor rural José Vedrúsculo, que também estava se manifestando, fez um apelo: “Convocamos aos produtores rurais para apoiar os caminhoneiros nesta greve e vir para cá”, disse.



Nos caminhões, estacionados às margens da BR-435, faixas e escritas de giz nos para-brisas pediam “Intervenção Militar Já”.



À reportagem, um dos manifestantes afirmou: “Temos que lutar, senão o socialismo toma conta”.

 



CAOS NA CIDADE


Em Cerejeiras já falta quase de tudo, por causa da greve dos caminhoneiros. Falta gás na maioria das revendedoras. Alguns supermercados já cortaram produtos da promoção. Nenhum posto de combustível tem gasolina para vender.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS