close
logorovivo2

Cidadania e Ética é tema de palestra a alunos da comarca de Rolim de Moura

Os jovens, de faixa etária entre 15 e 20 anos, puderam ouvir conceitos importantes sobre cidadania, “negócios jurídicos e estatais”, democracia e direitos políticos

ASCOM - TJRO

7 de Junho de 2018 às 17:55

Cidadania e Ética é tema de palestra a alunos da comarca de Rolim de Moura

FOTO: (Ascom - TJRO)

Alunos de uma escola pública de Rolim de Moura tiveram uma aula diferente neste semestre: receberam o magistrado Leonardo Leite Mattos e Souza, titular da 1ª Vara Cível da comarca de Rolim de Moura, para uma palestra sobre Cidadania e Ética.

 

Os jovens, de faixa etária entre 15 e 20 anos, puderam ouvir conceitos importantes sobre cidadania, “negócios jurídicos e estatais”, democracia e direitos políticos. “A cidadania garante ao povo direitos como o de decidir temas públicos por meio de referendos, plebiscitos, proposições de leis de iniciativa popular e até mesmo o direito de participar de partidos políticos”, explicou o magistrado durante a ocasião.

 

Durante a palestra sobre ética, o magistrado citou o filósofo Mário Sérgio Cortela para exemplificar a dicotomia em relação às escolhas entre o certo e o errado, além dos bons e maus valores. “Me sinto satisfeito e realizado em poder explicar conceitos que utilizamos no nosso cotidiano. É muito bom quando há essa transferência. Gosto de lecionar e se eu tivesse mais tempo, me envolveria mais com alunos para explicar o funcionamento do Judiciário, o porquê do Direito”, disse o magistrado.

 

A vice-diretora da escola Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cel. Aluizio Pinheiro Ferreira, Nilda Tigre Soares, disse que os alunos ficaram encantados. A palestra fez parte do projeto desenvolvido pela escola chamado “Jovem Observador”. Ela contou que até alunos do turno matutino compareceram à reunião para assistir à palestra no período da noite.

 

“Tivemos pelo menos uns 120 alunos. Eles prestaram bastante atenção porque foram abordados muitos conceitos e leis que fizeram os alunos observarem seus próprios direitos. Foi muito agradável”, relatou a vice-diretora.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS