close
logorovivo2

WHATSAPP: Cidadão cai em golpe e deposita R$ 70 mil para ingressar filho em curso de Medicina

Os contatos entre o golpista com as vítimas do estelionato foram feitos por meio do aplicativo de WhatsApp.

RONDONIATUAL

3 de Setembro de 2018 às 14:36

WHATSAPP: Cidadão cai em golpe e deposita R$ 70 mil para ingressar filho em curso de Medicina

FOTO: (Ilustrativa)

Um estelionatário se apresentando como médico conseguiu aplicar um golpe em pai e filho, ambos moradores em Ouro Preto do Oeste, com a promessa de ingressar a segunda vítima que estuda medicina no Paraguai em curso de medicina em um Instituto no Rio de Janeiro que garantiria ao rapaz o exercício imediato da profissão, e assegurou que a faculdade no Brasil sairia a um preço mais em conta.

 

O golpista convenceu primeiro o estudante que está no Paraguai de que ele havia se formado, já exercia medicina no Rio de Janeiro, falou que também exercia grande influência sobre a direção da instituição, e exigiu a quantia de R$ 70.000,00 para facilitar o acesso do jovem nesse curso de medicina.

 

O pai, que reside na cidade de Ouro Preto, tomou conhecimento da proposta e iludido com a possibilidade de gastar menos com a formação do seu filho, foi a uma agência de uma cooperativa de crédito e depositou R$ 70 mil em uma conta da Caixa Econômica Federal da Agência 1730 - Saldanha Marinho localizada em Campos dos Goytacazes, no interior do estado do Rio de Janeiro.

 

Os contatos entre o golpista com as vítimas do estelionato foram feitos por meio do aplicativo de WhatsApp. Após o depósito ser efetuado, o estelionatário desativou a conta no WhatsApp e não atendeu mais as vítimas.

 

Ao perceber que havia caído em um golpe, o cidadão procurou a Delegacia Civil localizada na Unisp, à avenida Capitão Sílvio Gonçalves de Farias, e registrou ocorrência de estelionato/fraude.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS