close
logorovivo2

PERÍODO SECO: Incêndio causa prejuízo de mais de 10 alqueires queimados

O fogo começou na beira da estrada onde começa a pastagem por volta das 14:30h

FOLHADEVILHENA

14 de Setembro de 2018 às 09:45

PERÍODO SECO: Incêndio causa prejuízo de mais de 10 alqueires queimados

FOTO: (Ilustrativa)

O incêndio que causou a destruição de mais de 10 alqueires em uma reserva particular teve início na tarde do último domingo (09), em uma propriedade da Kapa 42, localizada no distrito de Novo Plano, município de Chupinguaia. Queimando não apenas pastagens, o fogo acabou consumindo uma grande área de mata na propriedade.

 

De acordo com o depoimento do proprietário da reserva, o fogo começou na beira da estrada onde começa a pastagem por volta das 14:30h. Em pouco tempo as chamas se alastraram pelo local, destruindo 05 alqueires de pastagem e 08 de mata. 600 metros de cerca também sofreram as consequências do incêndio.

 

Mais de dez horas foram gastas para controlar o fogo que consumiu a propriedade. Durante o período de secas é comum que acidentes como esse ocorram, dado o poder de combustão do capim ressecado nas propriedades e das tentativas em “limpar as pastagens” realizadas pelos moradores rurais.

 

Além disso, e devido à grande probabilidade em queimadas, até meros acasos como uma pequena ponta de cigarro acesa podem causar grandes estragos em pastagens. A orientação nessa época do ano é sempre evitar queimadas ou qualquer gatilho que possa causar um incêndio.

 

Com as queimadas, os problemas não são apenas ambientais – que já se tornam suficientes para evitar esse tipo de situação – como também de saúde pública. Com o ar seco característico da baixa umidade durante esse período do ano, os incêndios trazem outro e forte problema principalmente para quem tem problemas respiratórios: a fumaça.

 

Evite queimadas, proteja o meio ambiente e a população de sua cidade.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS