close

EMBRIAGADOS: Policiais derrubam motoqueiro em fuga e prendem outro por desacato

O mais novo se recusou a fazer teste do bafômetro

FOLHA DO SUL ONLINE

2 de Setembro de 2019 às 10:25

EMBRIAGADOS: Policiais derrubam motoqueiro em fuga e prendem outro por desacato

FOTO: (ilustrativa)

Na madrugada do domingo, 01, dois homens foram levados para a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) após serem flagrados pilotando alcoolizados na avenida Major Amarante, na região central de Vilhena. Além de embriaguez na direção, um deles vai responder por desacato.



A ação se iniciou quando ambas as motocicletas saíram em alta velocidade de um posto que fica naquela localidade. A viatura então se aproximou e ligou as sirenes para que os motociclistas parassem, mas eles não ouviram o alerta por causa do barulho dos escapamentos.



Um dos pilotos, que estava com uma CB600F, tentou fugir quando percebeu a aproximação da polícia. Ao ser ordenado que ele parasse, o homem, que tem 38 anos, acelerou a moto novamente, dando a entender que abriria fuga, então foi preciso um toque do para-choque dianteiro da viatura na parte frontal da moto, que caiu.



Diante disso e para impedir que o condutor fugisse a pé, foi preciso que ele deitasse no chão para a revista pessoal.



Nesse momento, o outro motociclista se aproximou de onde acontecia a ação, com uma CB200, e passou a questionar a ação da polícia. Ele falava que a moto era sua, e que não a viatura precisava tê-la derrubado. Exaltado, ele passou a desacatar a guarnição, direcionando aos policiais palavras de baixo calão e dizendo que iria processá-los. Sendo assim, o rapaz, que tem 24 anos, recebeu voz de prisão pelo crime de desacato.



Ambos os condutores aparentavam ter consumido bebida alcoólica, e quando questionados, confirmaram que beberam cerveja por volta das 18 horas. Mas, só o mais velho fez o teste do bafômetro, que teve 0,79 mg/L confirmados. Já o mais novo se negou e contra ele foi lavrado o Auto de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora.



Ambos foram levados para a Unisp, onde foram tomadas as providências cabíveis, e os veículos foram entregues a um condutor habilitado.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS