close

ASSASSINATOS: Ação da PF e MP visa desarticular ação de organização criminosa

Quadrilha também tem envolvimento com extorsões, ameaças e lavagem de dinheiro

ASSESSORIA

23 de Outubro de 2019 às 08:27

ASSASSINATOS: Ação da PF e MP visa desarticular ação de organização criminosa

FOTO: (Divulgação)

A Polícia Federal e o Ministério Público Estadual deflagraram, na manhã desta quarta-feira (23/10/19), a denominada OPERAÇÃO DEFOREST visando dar cumprimento a 16 (dezesseis) mandados de prisão preventiva e 22 (vinte e dois) mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Ariquemes/RO.

 

Trata-se de inquérito policial instaurado em junho de 2019, a partir de notícia crime encaminhada pelo Ministério Público Estadual em Ariquemes/RO, para apurar crimes perpetrados por suposta organização criminosa armada, voltada para a prática de homicídios, extorsões, ameaças e lavagem de dinheiro na zona rural do município de Cujubim/RO, especificamente na zona rural daquele município, na Linha 106 da região “Soldado da Borracha”.

 

Durante as investigações, iniciadas pelo MP/RO, foram empreendidas ações com o objetivo de neutralizar a organização criminosa, composta por empresários, agentes públicos (policiais), pistoleiros e outros indivíduos, especializados em intimidar e ameaçar agricultores da região de Cujubim/RO, com o objetivo de esbulhar terras na zona rural daquele município, para depois vendê-las a outras pessoas ou extrair madeira ilegalmente.

 

Os integrantes da ORCRIM criaram uma estrutura armada para proteger os interesses fundiários do líder do grupo, e para tanto valeram-se do poderio econômico e dos cargos nas forças de segurança para ameaçar, extorquir e intimidar moradores da região denominada “Soldado da Borracha”.

 

Os indiciados responderão, na medida de sua participação, pelos crimes de associação criminosa (artigo 2º, caput e §§ da Lei nº 12.850/2013), extorsão (artigo 158, caput e §1º do CP), esbulho possessório (artigo 161, § 1º, II do CP), ameaça (art. 147 do CP) e lavagem de dinheiro (artigo 1º da Lei 9.613/98).

 

Cerca de 150 policiais federais participam da ação de hoje, cujos mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Ariquemes/RO, Cujubim/RO, Montenegro/RO, Porto Velho/RO, Manicoré/AM e Araçatuba/SP.

 

O termo “Deforest” é uma alusão a atividade de desmatamento ilegal, um dos principais objetivos da organização criminosa após promover o esbulho das propriedades rurais.

 

Veja algumas fotos da ação da PF e do MP durante a operação

 

ASSASSINATOS: Ação da PF e MP visa desarticular ação de organização criminosa
ASSASSINATOS: Ação da PF e MP visa desarticular ação de organização criminosa

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS