close
logorovivo2

CASO URSO BRANCO - Penas de acusados das mortes em rebelião somam 931 anos de prisão - Confira sentença

CASO URSO BRANCO - Penas de acusados das mortes em rebelião somam 931 anos de prisão

DA REDAÇÃO

7 de Maio de 2010 às 05:00

CASO URSO BRANCO - Penas de acusados das mortes em rebelião somam 931 anos de prisão - Confira sentença

FOTO: (Divulgação)

Quase um milênio. Essa é pena a que foram condenados Michel Alves das Chagas (Chimalé) e Anselmo Garcia de Almeida (Fininho ou Jornal). O primeiro, após a condenação em todas as acusações de assassinato das 27 pessoas mortas no presídio em 2002, teve a pena base definida em 18 anos, que multiplicados pelos número de vítimas, resultou na condenação definitiva de 486 anos de prisão em regime fechado. Já Fininho, teve a pena base dosada em 16 anos e seis meses de reclusão, num total de 445 anos e seis meses de prisão em regime fechado.

Da decisão cabe recurso, que já foram pedidos pelas defesas. Os acusados não têm direito a aguardar essa decisão em liberdade e foram encaminhados de volta ao presídio assim que foi encerrada a sessão, próximo à meia noite desta quinta-feira, em Porto Velho.

Clique AQUI e confira setença.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS