close
logorovivo2

Dupla que assassinou casal de idosos é condenada a mais de 20 anos de prisão

O casal foi morto a tiros e ainda tiveram vários de seus pertences roubados pela dupla

DA REDAÇÃO

21 de Novembro de 2017 às 15:52

Dupla que assassinou casal de idosos é condenada a mais de 20 anos de prisão

FOTO: (Divulgação)

O juízo da 3ª Vara Criminal de Porto Velho condenou a dupla Gabriel Passos de Souza, 21, e Paulo Rangel de Souza, 22, respectivamente a 24 e 26 anos de prisão, pelo assassinato de um casal de idosos ocorrido no mês de agosto, na Gleba Rio das graças, zona rural de Porto Velho.

O casal foi morto a tiros e ainda tiveram vários de seus pertences roubados pela dupla, o que caracterizou o crime de latrocínio (assalto seguido de assassinato). A dupla já possui várias passagens pela polícia, já bastante conhecidos na senda do crime, daí uma condenação acima da pena mínima (20 anos).

Os dois foram presos em menos de uma semana após o crime pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio. Segundo a delegacia, no dia do crime, a dupla ficou escondida durante toda a tarde em um matagal próximo à residência do casal Júlio Ribeiro, de 66 anos, e Raimunda Brício Rodrigues.

@VEJAMAIS

Ás 18 horas, eles foram até o comércio do idoso onde pediram água e passaram a conversar com ele. Durante a conversa, o idoso disse que conhecia Gabriel, obrigando a dupla a anunciar o assalto e render o casal. Enquanto os idosos estavam amarrados, sempre ameaçados por uma arma de fogo, a dupla saqueava a residência, e os pertences das vítimas.

Como um dos elementos já havia sido reconhecido, o jeito foi eliminar as vítimas.  Após roubar um aparelho televisor, produtos alimentícios, furadeira elétrica, marquita, bebidas, panelas e dinheiro, um dos criminosos foi até um matagal e escondeu todos os objetos. Ao retornar, os criminosos executaram o casal que estava deitado no chão.

Júlio foi alvejado com quatro tiros e Raimunda com três. A dupla fugiu com a motocicleta da vítima. Algumas horas depois, Gabriel retornou ao local onde estavam os objetos roubados. Segundo a Polícia, os dois foram mortos com a própria arma, uma espingarda, que possuíam justamente para se defender. A arma do idoso foi encontrada na cena do crime.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS