close
logorovivo2

MPE denuncia advogado suspeito de fazer apologia ao crime após assassinato de prefeito

A referida mensagem afirmava: “Cada dia Colniza fica melhor! Esse mês limpa como a virada de estação novos ares!”.

OLHAR DIRETO

30 de Janeiro de 2018 às 17:14

MPE denuncia advogado suspeito de fazer apologia ao crime após assassinato de prefeito

FOTO: (Divulgação)

O Ministério Público em Mato Grosso (MPE-MT) denunciou nesta terça-feira (30) o advogado Robson Medeiros, atuante em Colniza, por apologia ao crime. Segundo o órgão ministerial, Medeiros teria comemorado o assassinato do prefeito daquele município, Esvandir Antonio Mendes, 61 ano.



Conforme os autos, o MPE recebeu denúncia anônima informando que o advogado realizou apologia de fato criminoso ao postar mensagem em um grupo de Whatsapp.


 
A referida mensagem afirmava: “Cada dia Colniza fica melhor! Esse mês limpa como a virada de estação novos ares!”.


 
A postagem prosseguia com: “Parabéns aos guerreiros deste lugar! Afinal já que a resposta em nome da justiça vem por diferentes meios! De uma forma ou de outra o equilíbrio a de se instalar afinal depois de tanta covardia que viu diante da indiferença da dita justiça em fim a justiça ilegal! Mas Eficaz”.


 
Ao denunciar, o Ministério Público propôs transação penal ao pagamento de R$ 20 mil, caso o advogado se declare culpado.


 
O assassinato 


No processo pelo assassinado, foram denunciados os suspeitos, Antônio Pereira Rodrigues Neto, Zenilton Xavier de Almeida e Welisson Brito Silva, presos em flagrante, no dia 17 de dezembro, em uma estrada entre os municípios de Juruena e Castanheira.  



Esposa de Antônio Rodrigues, a médica Yana Fois Coelho Alvarenga também foi denunciada por suposta participação na ação criminosa.


 
Antônio Pereira Rodrigues Neto é empresário em Colniza do ramo de rede de combustível e táxi aéreo.


 
Segundo as investigações, ele arregimentou dois comparsas oriundos do Pará para o crime, motivado por cobrança de dívida. Apontado como o mandante, o suspeito também participou da execução do prefeito.


 
Segundo investigação, Yana tinha conhecimento do crime e acobertou a ação do marido.



O outro lado

A reportagem entrou em contato com o escritório em que Robson trabalha. Foi divulgado que o advogado examinará o caso para avaliar possível resposta.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS