close
logorovivo2

AO VIVO: Julgamento do acusado de planejar assassinato de Chico Pernambuco será transmitido

O crime aconteceu no dia 18 de março de 2017, no município de Candeias do Jamari.

COMUNICAÇÃO TJ

16 de Outubro de 2018 às 09:41

AO VIVO: Julgamento do acusado de planejar assassinato de Chico Pernambuco será transmitido

Prefeito Chico Pernambuco assassinado em Candeias FOTO: (Divulgação)

Na próxima quarta-feira, 17, será julgado Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema, com transmissão ao vivo direto do plenário do 1º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho, por meio do o instagram @tjrondonia.  Ele é acusado de planejar e mediar a morte de Francisco Vicente de Souza (Chico Pernambuco), com promessa de pagamentos a outras pessoas, conforme narra a sentença de pronúncia (processo n. 1013791-89.2017.8.22.0501)

 

Para assistir a transmissão siga o instagram @tjrondonia. Você será notificado no momento que iniciar o julgamento.

 

 

 

 

Réus julgados e condenados

 

O crime aconteceu no dia 18 de março de 2017, no município de Candeias do Jamari. O Conselho de Sentença (jurados), presidido pela juíza Juliana Paula Silva da Costa Brandão, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho, já condenou,  Marcos Ventura Brito, Henrique Ribeiro de Oliveira e Diego Nagata Conceição sob a acusação de assassinarem Francisco Vicente de Souza (Chico Pernambuco) e lesionarem Bruna Blackman Mota. O juri dos três acusados ocorreu nos dias 19 e 20 de junho.

 

A dosimetria (tempo de prisão) das penas aplicadas pela juíza Juliana Paula Silva da Costa Brandão a Marcos Ventura Brito foi de 14 anos e 6 meses de reclusão, pela prática de homicídio qualificado; e 6 meses de detenção, por lesão corporal. Diego Nagata Conceição foi condenado também a 14 anos e seis meses de reclusão, por homicídio, e mais 4 meses de detenção, por lesão corporal. Já o acusado Henrique Ribeiro de Oliveira vai cumprir a condenação de 13 anos de reclusão, mais 5 meses de detenção. Todos os réus cumprem as penas em regime fechado.

 

Na primeira sessão de julgamento do caso, ocorrida nos dias 5 e 6 de março,  foram condenados Talisso Souza de Oliveira (15 anos de reclusão), Wellyson da Silva Vieira (14 anos de reclusão) e Willian Costa Ferreira (14 anos e 6 meses de reclusão).

 

Motivações

 

Atos administrativos do ex-prefeito desagradaram Katsumi Yuji (suposto mandante), o qual prestou apoio financeiro para campanha de Chico Permambuco. Por isso, mediante promessa de pagamento, juntou-se a Marcos Ventura, o qual, por sua vez, contratou os demais acusados. Assim, mandante, executores e demais participantes realizaram diversas reuniões, planejando estratégias para matar Chico Pernambuco. Segundo a sentença de pronuncia,  Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema teria se juntado a seu ex-cunhado, Marcos Ventura, que se responsabilizaria pela contratação dos indivíduos, aquisição de carro e arma para execução do crime. Henrique teria sido contrato para matar o ex-prefeito, porém o plano foi abortado, mas ele teria participado das reuniões de planejamento; Wilian teria sido o responsável pelo aluguel do veículo para o ato criminoso; a participação de Diego seria como batedor do grupo de Porto Velho para Candeias do Jamari como vigilante de blitz policial; Wellison teria desempenhado papel fundamental, uma vez que teria ficado nas imediações da residência da vítima, assegurando condições para execução do crime e Talisson seria o executor.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS