close
logorovivo2

Professores da UNIR e várias entidades sindicais apóiam bandido em Rondônia

Professores da UNIR e várias entidades sindicais apóiam bandido em Rondônia

DA REDAÇÃO

8 de Setembro de 2007 às 08:52

Professores da UNIR e várias entidades sindicais apóiam bandido em Rondônia

FOTO: (Divulgação)

Mais uma vez, integrantes do Governo Federal dão verdadeira mostra de que lado estão. Em matéria jornalística, divulgada pelo sítio eletrônico www.rondoniaovivo.com, na data de 06/09/2006, intitulada \"Presidente da SBPC e Conselho Superior da UNIR assinam Carta Aberta pedindo absolvição de Ruço\", consta que várias autoridades federais assinaram uma carta aberta em favor da absolvição de RUSSO, entre elas, o Reitor da UNIR, Professor Ene Glória e o candidato a Governador do Estado de Rondônia, pelo P-SOL, o também professor Adilson Siqueira, ambos funcionários públicos federais da Universidade Federal de Rondônia. *Mas quem é Ruço? *Ruço ou Russo, trata-se da pessoa WENDERSON FRANCISCO DOS SANTOS, nascido em 29/07/1980, na cidade de Belo Horizonte/MG. Membro da Liga dos Camponeses Pobres de Rondônia, já foi condenado por dois crimes: tentativa de homicídio e uso de documento público falsificado. Atualmente, encontra-se processado por homicídio e responde a um inquérito por facilitação de fuga na Comarca de Jaru. *Na madrugada do dia 23/10/2000, durante uma festa na quadra de esportes da cidade de Governador Jorge Teixeira, RUSSO, com apenas 20 anos, efetuou vários disparos de revólver na pessoa de VALDIRO CHAGAS DE MOURA, também com 20 anos de idade. Os disparos, feita de maneira covarde, foram efetuados por trás da vítima, enquanto ela corria, sendo ferida na nuca e nas costas. Socorrida em estado grave, a vítima foi removida para Porto Velho, onde após vários dias de tratamento, conseguiu sobreviver. Por este crime, RUSSO, foi condenado pelo Tribunal do Júri, no dia 30 de março de 2004, a uma pena de três anos e três meses de reclusão pelo crime de tentativa de homicídio, cuja sentença já transitou em julgado. *No dia 25/12/2001, RUSSO foi abordado pela Polícia Militar no Centro da Cidade de Governador Jorge Teixeira, pilotando a motocicleta Honda CG/Titan, cor prata, que estava com uma placa fria NCC-1210, ocasião em que RUSSO apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo falsificado. O veículo foi apreendido, sendo apurado que se tratava de uma motocicleta que tinha sido roubada a mão armada na cidade de Porto Velho, no dia 11/12/2000, que tinha como placa verdadeira NCA-8320/RO. Pelo crime de uso de documento público falsificado, RUSSO, foi condenado a dois anos e seis meses de reclusão, no dia 26/05/2004, tendo a sentença já transitado em julgado. *Como é possível verificar no sítio do Tribunal de Justiça (www.tj.ro.gov.br), RUSSO, encontra-se pronunciado pelo crime de homicídio doloso qualificado pelo motivo torpe e por uso de emboscada, no processo 003.2003.003318-0, com julgamento marcado para o dia 14 de setembro próximo. Este crime ocorreu no dia 25 de julho de 2003, quando invasores da Liga dos Camponeses Pobres de Rondônia, entre eles o RUSSO, na época com 23 anos, que ocupavam a Fazenda Galo Velho em Jaru, seqüestraram o trabalhador da propriedade, Divino Urias Borges, 46 anos, depois de torturá-lo, assassinaram com vários tiros a queima roupa. Depois de uma investigação feita pela Polícia em Jaru, RUSSO foi indiciado como dos que participaram na ação criminosa. *Russo, ainda responde um inquérito policial na Delegacia de Polícia Civil de Jaru, por ter facilitado a fuga de um apenado quando se encontrava preso na Casa de Detenção de Jaru. *Por todos estes delitos, RUSSO que, somando as suas penas, já foi condenado há cinco anos e nove meses de reclusão, transitada em julgado, não teria outro lugar melhor para ficar se não no Presídio Urso Branco, pelo risco que oferece a sociedade. *RUSSO não é inocente, e a Liga dos Camponeses Pobres também não. Sempre agiu com violência nas invasões de terras no interior de Rondônia. *No momento que a Polícia e a Justiça mostram para a sociedade a índole de alguns sem-terras, disfarçados de bandidos, eles querem aparecer na foto, como verdadeiros \"santos\", só faltaram trocar a alcunha do RUSSO para usar o seu sobrenome que é FRANCISCO DOS SANTOS. *Agora que sabemos quem é RUSSO, fica a pergunta se as pessoas que assinaram a Carta Aberta também sabiam, e se elas ainda continuaram apoiando um criminoso deste tipo.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS