close
logorovivo2

SEVIC de Alvorada prende bando que arrombava comércio no município

SEVIC de Alvorada prende bando que arrombava comércio no município

DA REDAÇÃO

4 de Fevereiro de 2012 às 08:45

SEVIC de Alvorada prende bando que arrombava comércio no município

FOTO: (Divulgação)

A SEVIC da polícia civil de alvorada, em conjunto com a polícia militar, desarticulou uma quadrilha especializada no furto a estabelecimentos comerciais naquele município.
 Depois de meses de investigações, o SEVIC local identificou vários membros da quadrilha que agia há algum tempo.Com o aumento das ocorrências contra comércios na cidade, o SEVIC apurou que os marginais agiam da mesma forma, arrombavam os comércios pelos fundos ou pelo telhado, deixava marcas de um calçado, com marcas incomuns, subtraíam mercadorias de difícil rastreamento como bebidas e cigarros, sendo de tudo feitas fotografias.
Na madrugada desta sexta feira, após a quadrilha arrombar uma loja de materiais de construção, subtraindo dois computadores e dois celulares, o SEVIC foi acionado no mesmo instante do crime, sendo deslocado um policial para o comércio.
Nos primeiros levantamentos, a equipe já composta de policiais civis e militares, encontraram um par de tênis e um par de sandália que foi reconhecidos como os que dois conhecidos criminosos da cidade os utilizavam, sendo que o par de tênis foi furtado em outra ocorrência da mesma natureza e as sandálias possuíam solados incomuns, que deixavam impressões idênticas, as marcas deixadas em diversas ocorrências da mesma natureza, há poucos dias.
As testemunhas informaram as características dos dois elementos, que chegaram a ser vistos correndo do local de posse dos computadores, ameaçando atirar nas mesmas, confirmando as suspeitas dos policiais.
 
Os policias se deslocaram até as residências dos mesmos, onde as respectivas genitoras, confirmaram que os calçados pertenciam aos respectivos filhos e que naquela hora, 03:00h da manhã, ambos não teriam chegado em casa.
Ao retornar ao local do crime, para encontrar mais pistas dos paradeiros dos criminosos, dois policiais civis foram alertados que de uma casa abandonada, na mesma quadra do comercio arrombado, dois elementos pularam o muro assim que avistaram os policiais, sendo vistos e confirmados as identidades dos mesmos, como sendo Romildo ferreira de oliveira, vulgo "Romildinho" e Raphael Távora Camer, vulgo "pezão",sendo pedido novamente apoio da PM que cercou o lugar, mas os mesmos já tinham escapado. 
o SEVIC fez uma campana na casa de Raphael, percebendo quando o mesmo retornou a casa, sendo pedida autorização de sua genitora pra adentra à residência, sendo pezão preso quando tomava banho, sendo constatadas diversas escoriações devido à fuga através de quintais, muros e telhados.
Rafael negou o crime, mas não soube explicar onde estava nem como teria se ferido, devido às robustas provas contra sua pessoa foi dada voz de prisão por furto qualificado, acabando por confessar o crime, delatando seu comparsa Romildinho, como o detentor das mercadorias furtadas, sendo indicada terceira pessoa participante do crime, hospedado em hotel naquela cidade. 
Deslocada a equipe do SEVIC ao citado hotel foi encontrada a pessoa de Claudio Fernandes Vasques, vulgo "Xirú" hospedado e um dos quartos do hotel há vários dias, oriundo da cidade de São Francisco, que demorou a abrir a porta para os policiais, sendo encontrados os dois computadores e um dos telefones logo abaixo da janela do quarto de Claudio, sendo dada voz de prisão ao mesmo, por furto qualificado.
A CPL 159 prendeu Romildinho, saindo da cidade, já na linha 52 de posse de uma bicicleta sem procedência. Romildo estava com o calçado, camiseta vermelha e boné furtados, tendo este sido abandonado na rota de fuga, da ocorrência desta madrugada no mesmo local quando foi preso. O mesmo completou 18 anos na última terça feira.
Rafael recebeu felicitações pelo seu aniversário na cadeia, na data de hoje quando completa 19 anos.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS