close
logorovivo2

URGENTE: Preso homem que matou e queimou corpo de casal após a ponte do Rio Madeira

De acordo com informações apuradas no local pelo Rondoniaovivo, Usinael trabalhava como caseiro na chácara há quase um ano e recentemente a propriedade teria sido furtada

RONDONIAOVIVO

14 de Novembro de 2018 às 09:22

URGENTE: Preso homem que matou e queimou corpo de casal após a ponte do Rio Madeira

FOTO: (Richard Nunes/Rondoniaovivo)

 

Uma equipe da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) obteve êxito em prender o suspeito de um bárbaro crime ocorrido no dia 22 de abril deste ano em uma propriedade rural, localizada na linha 17 da BR-319, Gleba Cuniã, a cerca de 32 quilômetros após a ponte do Rio Madeira, em Porto Velho. O suspeito foi identificado como Amilton S. C., 30 ( vulgo Negro Drama.)

 

As vítimas Usinael Souza Abiorana, 49, e uma mulher identificada apenas como Lúcia, de aproximadamente 45 anos foram mortas cruelmente com tiros na cabeça e tiveram os corpos carbonizados.


 
De acordo com informações apuradas no local pelo Rondoniaovivo, Usinael trabalhava como caseiro na chácara há quase um ano e a propriedade teria sido furtada. Segundo a polícia, o patrão de Usinael teria agredido um amigo de Amilton, que havia participado do furto e avisado que ia matar Amilton.

 

Amilton então se antecipou, foi até a residência armado e como não encontrou o proprietário do sítio acabou matando o casal a tiros e depois incendiou a casa.

 

O suspeito do crime foi preso em um seringal no interior do Estado do Acre e está sendo apresentado em Porto Velho para responder pelo duplo homicídio cruel.

URGENTE: Preso homem que matou e queimou corpo de casal após a ponte do Rio Madeira
URGENTE: Preso homem que matou e queimou corpo de casal após a ponte do Rio Madeira
URGENTE: Preso homem que matou e queimou corpo de casal após a ponte do Rio Madeira
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS