close

INSANO: Ex-marido é preso com notas falsas após torturar mulher por horas em residência

Segundo a ocorrência, os policiais militares receberam denúncia de que o suspeito havia arrombado a porta da residência da vítima e estava a agredindo e torturando-a há bastante tempo

RONDONIAOVIVO

10 de Abril de 2019 às 17:47

INSANO: Ex-marido é preso com notas falsas após torturar mulher por horas em residência

FOTO: (Rondoniaovivo)

Policiais militares do 1° Batalhão tiveram muito trabalho para prender na tarde desta quarta-feira (10), Caleb A. B., 19, acusado de agredir e torturar por horas a ex-mulher de 20 anos em uma residência no bairro Costa e Silva, zona Norte de Porto Velho (RO). O suspeito ainda foi flagrado com R$ 500,00 em notas falsas.

 

Segundo a ocorrência, os policiais militares receberam denúncia de que o suspeito havia arrombado a porta da residência da vítima e estava a agredindo e torturando-a há bastante tempo.

 

Com a chegada da polícia, Caleb correu e se escondeu debaixo da palafita de uma casa de madeira na beira de um córrego. O suspeito dizia para o comandante da guarnição: "Só você não me prende não seu ó....." Foi necessário o uso da força para prendê-lo.

 

A vítima, muito machucada e até com um dedo da mão quebrado, disse que o ex após invadir a casa dela desferiu socos, pontapés e tentou matá-la enforcada. "Ele passou  três horas me torturando", finalizou a jovem que chorava muito.

 

Os policiais fizeram revista no suspeito e acabaram encontrando 10 notas de R$ 50,00 falsificadas, que ele não quis dizer como adquiriu. Caleb foi levado para a Central de Flagrantes.

INSANO: Ex-marido é preso com notas falsas após torturar mulher por horas em residência
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS