close
logorovivo2

"É URUBU SIM": Racismo quase acaba em assassinato em Porto Velho

Consta em registro de ocorrência, que ambos os envolvidos são flanelinhas e estavam "cuidando" de carros nas proximidades de uma panificadora

RONDONIAOVIVO

12 de Abril de 2019 às 09:55

"É URUBU SIM":  Racismo quase acaba em assassinato em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

Acusado dos crimes de tentativa de homicídio e racismo, Nalftali R. C., 32, foi preso na noite de quinta-feira (11) após atacar a facada Jeovan R. B., 41, na Avenida Amazonas com Rua Nicarágua, bairro Nova Porto Velho, na capital de Rondônia.

 

Consta em registro de ocorrência, que ambos os envolvidos são flanelinhas e estavam "cuidando" de carros nas proximidades de uma panificadora. Em determinado momento, o suspeito teria começado a insultar a vítima dizendo: "Seu urubu, macaco, seu preto safado, é urubu sim", afirmava Nalftali.

 

Houve neste instante acirrada discussão e o suspeito tentou agredir a vítima com uma barra de ferro. Em seguida, Jeovan saiu do local e foi conversar com um morador da região. 

 

Contudo, foi surpreendido pelo suspeito com uma faca, tentando aplicar golpes no tórax da vítima, que se defendeu e foi ferida no ombro esquerdo.

 

Para escapar de continuar sendo esfaqueado, Jeovan saiu correndo até a base da rodoviária e avisou a polícia. O suspeito foi localizado e preso. A vítima foi socorrida para a policlínica Ana Adelaide. O suspeito tentou justificar que chamou Jeovan de urubu por ele torcer para o Flamengo e não por racismo.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS