close

CASO ROBERVAL: Assassino confesso de médico é preso por tentar matar a esposa a facada

A mulher foi lesionada na perna, região da panturrilha, durante um desentendimento com Romário

RONDONIAOVIVO

4 de Outubro de 2019 às 08:17

CASO ROBERVAL: Assassino confesso de médico é preso por tentar matar a esposa a facada

FOTO: (Richard Nunes/Rondoniaovivo)

A Delegacia de Polícia Civil do município de Candeias do Jamari (RO) prendeu por força de mandado de prisão preventiva, Romário Pereira do Vale, 29, por tentar matar a esposa a facada. 

 

A mulher foi lesionada na perna, região da panturrilha, durante um desentendimento com Romário. Após o crime, o delegado titular de Candeias, Iury Ferreira4re Brasileiro representou pela prisão do acusado e na quinta-feira (03) foi realizado o cumprimento.

 

VEJA MAIS

 

PROCESSO DE INVESTIGAÇÃO: Preso suspeito de matar médico espancado em distrito de Porto Velho

 

BRUTALIDADE: Médico é encontrado desacordado em posto de saúde após espancamento

 

ESPAÇO ABERTO: Polícia identifica assassino de médico morto em Rondônia

 

Romário respondia em liberdade por ter confessado que matou o médico Roberval Ferreira de Lima, no distrito de União Bandeirantes, em Porto  Velho (RO).

 

O crime aconteceu no dia 15 de dezembro do ano passado. O médico foi espancado a pauladas e morreu pouco tempo depois no hospital João Paulo II.

 

No dia 4 de janeiro deste  ano, Romário se apresentou com um advogado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCC) e  confessou o crime.

 

Na época, ele estava com mandado de prisão temporária de cinco dias e após ser cumprido foi liberado para responder o crime solto. Segundo a esposa dele, Romário estava trabalhando como vendedor de picolé em Candeias e juntando dinheiro para fugir antes do julgamento. 

 

Agora com mandado de prisão por violência contra a esposa, ele novamente foi encaminhado ao complexo penitenciário da capital.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS