close
logorovivo2

Só Maurão está confirmado ao Governo, mas Cassol, Expedito, Gurgacz e Daniel estão na fila

POR SÉRGIO PIRES

27 de Abril de 2018 às 07:54

Não é que ele não queira abrir o jogo. É que não há, realmente, nenhuma decisão a ser anunciada, ao menos por enquanto. Expedito Júnior não tem a mínima ideia, neste final de abril, se vai concorrer ao Senado; se vai disputar o Governo do Estado ou, ainda, se não vai concorrer a nada. Como quem o conhece sabe que ele é experiente e escorregadio, sempre cuidadoso quanto fala sobre política, para não cometer erros, se poderia concluir, por óbvio, que ele já estaria com decisão tomada, sabendo exatamente quais os próximos passos que dará Estaria escondendo o jogo! Dessa vez, não! Expedito depende ainda do desenrolar dos acontecimentos para poder começar a desenhar seu futuro. Se ele pudesse escolher, seria candidato ao Senado. Mas tem um acordo com o senador e ex governador Ivo Cassol. Se Cassol não puder ser candidato – o que ainda não se tem certeza  - Expedito iria ao Governo, daí com total apoio de Cassol e sua turma. Se Cassol for mesmo candidato, Expedito estaria livre para buscar o que realmente quer: uma cadeira no Senado Federal. Mas aí teria ainda outro problema pela frente. Caso não seja ele o nome tucano ao Governo, sua companheira de PSDB, Mariana Carvalho, é quem vai pleitear a vaga na corrida pelo Palácio Rio Madeira/CPA. E daí, como sairá desse sinuca o experiente Expedito Júnior com a palavra empenhada com Cassol? É por isso que ele não exclui a possibilidade de não concorrer a nada.

 

O caso de Expedito é apenas mais um, entre todos os que ainda estão deixando extremamente complicada a sucessão. A tal ponto que, até agora, apenas um nome está confirmadíssimo para a briga pelo comando  do Palácio Rio Madeira/CPA: Maurão de Carvalho, o presidente da Assembleia, que há mais de um ano é o indicado pelo poderoso MDB. Com o aval das principais estrelas da sigla (Confúcio Moura e Valdir Raupp) além de ter conquistado o apoio da militância, com trabalho e dedicação, o cinco vezes deputado estadual quer ser o novo Governador e seu nome estará na urna, em outubro, sem dúvida alguma. Como Cassol, o senador Acir Gurgacz, outro pretendente importante,  também está com problemas legais e, segundo se comenta, o caso dele seria até mais complicado do que o de Cassol. Com chances reais de entrar na briga (há outros nomes, mas com pouca chance), restaria ainda um quarto elemento: Daniel Pereira. Mas, para se credenciar como candidato viável, Daniel vai precisar de muitas costuras e, ainda, de um bem sucedido governo de oito meses. Ou seja, tudo continua por demais nebuloso. Quem anda feliz com o quadro como está, é Maurão de Carvalho. Se a eleição fosse hoje, ele seria o candidato se concorrentes, ao Governo. Claro que serão nos próximos 60 dias que as coisas se decidirão. Até lá, haverá muita mais perguntas que respostas. Por isso tudo, compreende-se, então, que Expedito realmente ainda não saiba qual o caminho que trilhará.

 

DANIEL DESMENTE FAKE

 

Era fake! O governador Daniel Pereira teve que usar as mesmas redes sociais que divulgaram uma informação falsa, para desmentir que será ponto facultativo na próxima segunda-feira, véspera do feriado nacional de terça, 1º de Maio, Dia do Trabalho. Alguns gaiatos, como se tivessem falando em nome do Governo, começaram a divulgar que a segunda seria ponto facultativo nos órgãos estaduais. Tudo falso, tudo mentira, certamente praticada pelos mesmos irresponsáveis que usam o Facebook e outras redes para disseminar inverdades, sacanagens e maldades. São esses mesmos, os que tentam transformar em esgoto, certamente como suas próprias vidas, uma ferramenta que deveria ser usada para ajudar a coletividade e ser do bem. Horas depois que a falsa informação começou a circular, o próprio Daniel Pereira usou os mesmos espaços para desmentir e avisar que segunda, dia 30, é dia normal de trabalho.

 

LÉO MORAES E A CÂMARA FEDERAL

 

Léo Moraes ainda é jovem para a política, mas tem nela uma experiência como juito pouco gente da sua idade já tem. Eleitor vereador, saltou da Câmara para a Assembleia Legislativa; concorreu à Prefeitura de Porto Velho e chegou a ir ao segundo turno, contra Hildon Chaves – que venceu a disputa – e, agora, aparece em todas as pesquisas como um dos pré candidatos à Câmara Federal, com chances reais de ocupar uma das oito cadeiras a que Rondônia tem direito. Ele é o entrevistado de Sérgio Pires, no programa Direto ao Ponto, que vai ao ar neste sábado, a partir das 11h30 da manhã na Record News Rondônia, Canal  na TV aberta e Canal 31, na Sky. A partir do domingo, a entrevista, na íntegra pode ser assistida também no site Gente de Opinião.  Nela, Léo Moraes fala da sua trajetória, dos principais projetos que defendeu no parlamento estadual e nos seus planos para o futuro. Vale a pena assistir! 

 

A BADERNA AUTORIZADA

 

Continuou, pelo terceiro dia seguido, o castigo imposto por um pequeno grupo a centenas e centenas de rondonienses, motoristas do Acre e outros Estados, que tentam passar pela BR 364, na Ponta do Abunã.  Menos de uma centena de moradores de uma região amazonense (ou seja, no lado de lá de fronteira, em  outro Estado), da área conhecida como  Kuraquetê, fecharam a rodovia desde a terça-feira, sob os olhares complacentes de autoridades de todos os níveis, que lavam as mãos, não atendendo as reivindicações da pequena turba e, muito menos, impondo a lei e  ordem. Ou seja, para as autoridades rondonienses (Polícia  Rodoviária, Polícia Militar, Ministério Público, Judiciário), só tem direitos a pequena minoria que faz seu protesto, Não os tem a imensa maioria, que é punida como se tivesse alguma coisa a ver com os rolos. Os moradores da área Kuraquetê exigem a imediata instalação de energia elétrica em sua região. A Eletrobras Rondônia diz que não te nada a ver com o problema. Parece que há obras previstas para agosto, não antes. Enquanto isso, a baderna autorizada,  desrespeitando a Constituição e privando  milhares de pessoas do seu direito de ir e vir, continuou até o fim do dia desta quinta. Uma vergonha!

 

PALOCCI É BOMBA AMBULANTE

 

Nitroglicerina pura! Se alguém fosse sintetizar, em apenas duas palavras, o significado do acordo de delação premiada feito pelo ex ministro petista Antonio Palocci, não haveria resumo melhor. Ele acertou os dados do acordo com a Polícia Federal e já teria começado a abrir o jogo, em depoimentos que estão sendo mantidos no mais absoluto sigilo. Na hierarquia petista, Palocci era o terceiro, abaixo apenas de Lula e José Dirceu. Quanto Dirceu caiu em desgraça, no pós Mensalão, foi Palocci que ascendeu ao primeiro time do poder, primeiro como Ministro da Fazenda de Lula e, depois, como Chefe da Casa Civil do governo de Dilma Rousseff. Palocci conhece todos os meandros das negociatas, das falcatruas, dos malfeitos perpetrados pela quadrilha que assumiu  o comando do país e que não era só formada por petistas, mas também por muitos dos seus aliados. Há quem diga que o que o ex braço direito de dois Presidentes e dos governos tem a contar, pode causar mais estragos do que tudo o que se soube até agora na Lava Jato e outras operações assemelhadas. Preparemo-nos, porque a Terra vai tremer...

 

HORA DE PROTESTAR

 

Que fale agora ou cale-se...Nada a ver com a famosa frase dos casamentos. Trata-se de uma audiência pública em que a população pode, finalmente, opinar e exigir que se modifiquem as absurdas taxas cobradas pelo Detran em Rondônia, algumas delas onze vezes maiores, por exemplo, do que cobra o órgão dos contribuintes no Amazonas e, em outras, com diferença, a mais, de até 300 por cento. No encontro agendado para às  9 horas da manhã, no plenário da ALE, os porta vozes do movimento que exige que o valor do IPVA saia dos exagerados  3 por cento e caia para apenas  1 por cento, também vão defender sua iniciativa. Como os abusos do Detran contra o contribuinte existem há muitos anos e sempre passaram as largo dos governos e até da Assembleia, a hora de colocar as coisas em pratos limpos é agora. O convite para a audiência pública desta sexta é assinado pelo presidente Maurão de Carvalho e pelo deputado Hermínio Coelho, que a propôs. É daqueles assuntos em que o contribuinte deve participar em grande número. Se não o fizer, é porque concorda com tudo o que o órgão de trânsito do Estado está fazendo contra seu bolso!

 

EM DEFESA DOS DOENTES

 

A tentativa do prefeito Hildon Chaves em adotar um sistema de terceirização da saúde, através de organizações sociais, é uma ideia que em algumas outras regiões deu certo e poderia dar também por aqui. Ao menos é uma tentativa de encontrar uma forma de melhorar o atendimento, no tenebroso sistema que tem resultado só em sofrimento aos doentes. O problema é que na Prefeitura de Porto Velho não é o Prefeito quem manda, mas sim alguns dos diferentes grupos de servidores. E esses grupos não aceitam a terceirização, porque perderiam espaço e o poder de impor suas vontades. Ou seja, preferem que as coisas continuem como estão e que a população que vá procurar outras portas, para pedir socorro. Afora isso, numa Câmara Municipal  onde mais da metade dos componentes é de candidatos á Assembleia, não são os interesses da maioria do povo sofredor que está em jogo, nas votações. Claro que há quem vá dizer que essa posição é pró Prefeitura, pró Hildon Chaves e essas baboseiras, que sempre se ouve quando alguém não concorda com o estilo de atuação da República Sindicalista. Bobagem. Aqui se defende a população, a grande maioria que vive sob o domínio de uma minoria (ressalvando-se claro, todas as muitas e honrosas exceções), que querem muitos direitos e poucos deveres. Pronto. Falei!  

 

PERGUNTINHA

 

O que você está achando da série de publicações nas redes sociais e até de parte de autoridades, em  seus discursos,  ofendendo os ministros do Supremo Tribunal Federal, até com palavras de baixo calão?

 

MAIS COLUNAS

Sérgio Pires

Colaborador do Gentedeopinião: Sérgio Pires, experiente jornalista e que atua na SIC TV e diariamente apresenta o "PAPO DE REDAÇÃO" na rádio Parecis FM.

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS