close
logorovivo2

Fique de olho nas promessas dos candidatos

POR VALDEMIR CALDAS

28 de Agosto de 2018 às 16:12

Tem candidato ao governo de Rondônia que acha que todo mundo é idiota. Por isso, dana-se a fazer promessas e divulgar suas propostas de governo, por meio da mídia eletrônica, sem levar em consideração as prerrogativas da Assembleia Legislativa.

 

Alguns procedem como se vivêssemos no mundo encantado da fantasia. Julgam que, uma vez instalados no palácio Getúlio Vargas, vão poder fazer e desfazer a seu bel-prazer. No fundo, sabem que estão mentindo, que estão enganando o povo. Depois, quando são execrados, nas urnas, reclamam da população, chamando-a de ingrata e coisas do gênero.

 

Esquecem-se, porém, que somos regidos por uma Constituição Federal, outra estadual e uma infinidade de leis complementares, ordinárias, decretos e portarias, enfim, um monstro de várias cabeças, ao qual o governador eleito terá que se subordinar, sob pena de não poder governar.

 

A realidade, contudo, é que, independente de quem seja o novo governador de Rondônia, a partir de 2019, pouco ou quase nada poderá fazer se não contar com o apoio de sólida maioria na Assembleia Legislativa, pois tudo o que pretenda executar em termos de projetos e reformulação das normas tradicionais de administração ou de política econômica, fiscal e tributária, terá que passar, obrigatoriamente, pelo plenário da ALE/RO.

 

Terá ele que enfrentar, ainda, a vigilância indômita do Tribunal de Contas e do Ministério Público Federal e Estadual, que, certamente, serão acionados por segmentos da sociedade, quando se sentirem lesados em seus direitos.

 

Vê-se, pois, que os candidatos ao governo de Rondônia terão que percorrer um caminho difícil, cheio de espinhos e de obstáculos quase instransponíveis, antes de atingirem os propósitos de bem servir à população, que dizem alimentar suas pretensões.

 

Talvez seja por isso que alguns pedem o prazo, de um ano ou mais, para colocarem a casa em ordem. Uma coisa, porém, é certa. A maioria da população está atenta ao que dizem os postulantes ao governo do Estado. O tempo encarregar-se-á de comprovar essa afirmação. Os que insistirem nos discursos inúteis e nas promessas vazias serão varridos do mapa para sempre.

 

MAIS COLUNAS

Valdemir Caldas

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS