close
logorovivo2

Deputada defende o fortalecimento da Secel em discurso no Plenário

Segundo Epifânia, a mudança da secretaria de cultura e esportes significa um retrocesso para Rondônia

DA REDAÇÃO

4 de Setembro de 2013 às 11:22

Deputada defende o fortalecimento da Secel em discurso no Plenário

FOTO: (Divulgação)

Na tarde de ontem (3 de setembro), a deputada estadual e presidente da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa de Rondônia, Epifânia Barbosa discursou durante vinte minutos no plenário e afirmou ter sido surpreendida pela reforma administrativa anunciada pelo Governo estadual visando reduzir várias secretarias, entre elas, a Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer (Secel).
A parlamentar criticou a atitude do governador Confúcio Moura argumentando que tais mudanças, de forma alguma vão de encontro às políticas públicas desses setores. “Em meu ponto de vista estas áreas precisam ser fortalecidas com maior fomento. Para nós significa um retrocesso passarmos de Secretaria para uma Superintendência, pois deixando de ter autonomia de gestão, financeira e gerenciamento, sem dúvida também muda a concepção de debate sobre verbas destinadas à cultura e o esporte. É um prejuízo para toda a sociedade".
No discurso, a deputada destacou ainda que a mudança de forma alguma fortalece o pensamento e o trabalho daqueles atuantes nestas áreas. “Espero que o governador junto com sua equipe possa rever estas mudanças e ouvir àqueles que realmente tenham conhecimento, pois de nada adianta ouvir pessoas atuantes apenas na área administrativa, porque não possuem visão nenhuma sobre esta a relação social do que representa a cultura e o esporte para a sociedade”, disse.
Epifânia falou ainda que o propósito seria fazer um trabalho para avançar junto com o Sistema Nacional de Cultura e Esporte. “Dessa maneira não é algo satisfatório, e não podemos comemorar a extinção dessa pasta. Sabemos da existência de uma crise financeira, mas o Governo, antes de fazer mudanças em setores essenciais deveria analisar outras áreas”, finalizou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS