close
logorovivo2

BRECHAS NA LEI - Pimentel do PMDB faz 'pré-campanha' ostensiva na capital

Pimentel lançou seu projeto com uma grande reunião pública na praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, com distribuição de bandeiras, camisetas, faixas e balões em forma de coração. De microfone em punho, discursou para seus correligionários sobre seu “a

DA REDAÇÃO

30 de Junho de 2016 às 09:35

BRECHAS NA LEI - Pimentel do PMDB faz 'pré-campanha' ostensiva na capital

FOTO: (Divulgação)

E a campanha eleitoral para prefeito de Porto Velho parece já ter começado com força. Pelo menos para quem vê as ações do PMDB – Partido Movimento Democrático Brasileiro que tem o governador Confúcio Moura como seu maior expoente em Rondônia.

O ex-secretário de saúde Williames Pimentel, ungido nas hostes palacianas para ser o candidato a prefeito da legenda na capital está se aproveitando das brechas da nova legislação eleitoral que prevê a figura do “pré-candidato”.

Pimentel lançou seu projeto com uma grande reunião pública na praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, com distribuição de bandeiras, camisetas, faixas, adesivos e balões em forma de coração. De microfone em punho, discursou para seus correligionários sobre seu “amor por Porto Velho

Mas Pimentel não parou por aí. Na ânsia de ganhar terreno frente a seus oponentes que estão sendo discretos na pré-campanha, o peemedebista realiza reuniões com grande estrutura. 

Em imagens, percebem-se militantes uniformizados com a logo da “pré-campanha”, um Coração Vermelho com simbologia lembrando sua atuação na área da saúde. O pré-prefeito já foi secretário de saúde na gestão do prefeito petista Roberto Sobrinho e do atual governo.

Vale lembrar que na passagem pela Semusa, chegou a ser preso por suposta irregularidade na sua gestão na FUNASA em Brasília, quando foi nomeado na cota do casal Raupp. A operação que levou Pimentel ao cárcere foi batizada de “Higéia” pela Policia Federal.

Nos últimos dias, a pré-candidatura de Pimentel recebeu novo apoio, com a fixação de um grande banner com cerca de 10 metros quadrados na fachada da sede do partido na capital. No material publicitário, a "logo" de sua 'pré'campanha" nas cores do PMDB.

Um claro modo de aplicar o conhecido “jeitinho brasileiro” ou a famigerada “lei de Gerson” de tentar levar vantagem em tudo.

Resta saber qual a origem dos recursos que estão sendo pagos as camisetas, bandeiras e outros mimos que usam para levar a imagem de sua “pré-campanha” ao maior numero de pessoas antes das convenções partidárias. Só uma pessoa com baixa capacidade cognitiva para não perceber a ostensividade da pré-campanha e a clara tentativa de burlar a lei.

Um caso para ser investigado pela Procuradoria Regional Eleitoral em Rondônia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS