close
logorovivo2

PSDB e PMDB dão largada à disputa de prefeito em Porto Velho

Por enquanto, PSDB e PMDB ainda tem muito a que trabalhar.

DA REDAÇÃO

25 de Julho de 2016 às 09:21

PSDB e PMDB dão largada à disputa de prefeito em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

Começou a corrida eleitoral em Porto Velho, duas convenções promovidas neste final de semana já definiram os rumos de importantes nominatas no cenário politico local, PMDB e PSDB.

No sábado (23) os tucanos do PSDB promoveram sua convenção no auditório da UNOPAR, no local aproximadamente mil e quinhentas pessoas presenciaram a nomeação dos vereadores e o surpreendente anuncio da coligação do PSDC, indicando Edgar do Boi como vice.

Com um valioso tempo de mídia no programa eleitoral, Edgar do Boi, foi um dos políticos mais cortejados entre os pré-candidatos à prefeitura. O presidente do PSDC em Rondônia teria recusado outras propostas de acordo, entre elas, a de ser vice do ex-prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho (PT).

Após a chapa anunciada, os convencionais do PSDB saíram com a sensação de que terão muito trabalho pela frente na tentativa de engrenar uma chapa ainda sem muita expressividade eleitoral na capital rondoniense.

PMDB

Já no domingo (24), com show ao vivo de banda de forró tocando musicas de cantores como Wesley Safadão e Ivete Sangalo, e uma mesa diretora de peso composta pelo governador Confúcio Moura; senador Valdir Raupp; deputada federal Marinha Raupp; deputado Maurão de Carvalho, presidente da Assembleia Legislativa; deputado estadual Jean de Oliveira, líder do PMDB na Assembleia Legislativa; deputado estadual Edson Martins, 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa; deputado estadual Só na Bença; deputado federal Lindomar Garçom; Emerson Castro, chefe da Casa Civil do Governo; e do pastor Joel Holder, presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, o PMDB anunciou Williames Pimentel como candidato da sigla para prefeitura de Porto Velho.

Com aproximadamente três mil pessoas, entre eles grande parte de servidores comissionados do governo, o evento lotou metade do prédio anexo da casa de shows Talismã 21, na capital.

Fortalecidos pela subida de Michel Temer ao palácio do planalto e um período de boa avaliação de Confúcio Moura pelo eleitorado portovelhense, os peemedebistas vem para a corrida na capital 2016 com possibilidades visíveis de vitória.

Há décadas o PMDB portovelhense não conseguia emplacar um candidato que conseguisse uma real possibilidade de ser eleito à prefeitura. Com Williames Pimentel e o apoio de Confúcio Moura, o partido terá sua grande chance de assumir o palácio Tancredo Neves depois de seguidas campanhas sem protagonismo algum.

Um dos maiores desafios para o PMDB nesta campanha será moldar Williames Pimentel a um padrão minimamente aceitável de candidato, ao menos no período eleitoral, Pimentel é conhecido entre os servidores da pasta em que era secretário como pessoa de grosso trato, perfil nada aceitável em uma corrida eleitoral.

Passado o final de semana, o eleitor rondoniense já pode ter a certeza que definitivamente começou a eleição 2016 na cidade de Porto Velho, agora resta esperar convenções de outros partidos com representatividade politica na capital para entender como vai se desenhar a corrida. Por enquanto, PSDB e PMDB ainda tem muito a que trabalhar. 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS