close
logorovivo2

Parlamentares cobram da Eletrobrás conclusão da linha de transmissão de energia

Deputados estiveram reunidos com o diretor da Eletrobras para discutir a situação e exigir celeridade nos trabalho que atenderá os municípios de Santa Luzia e Alta Floresta D’Oeste.

ALE/RO

20 de Abril de 2018 às 14:42

Parlamentares cobram da Eletrobrás conclusão da linha de transmissão de energia

FOTO: (ALE/RO)

O deputado Jean Oliveira (MDB) juntamente com o senador Valdir Raupp (MDB) reuniram-se com o diretor da Eletrobrás Distribuição Rondônia, Efrain Cruz, para levar a insatisfação deles, da deputada federal Marinha Raupp (MDB) e do senador Ivo Cassol (PP) com a morosidade da Eletrobrás na realização da obra da nova linha de transmissão de energia elétrica que atenderá os municípios de Santa Luzia e Alta Floresta D’Oeste.

 

Essa nova linha de transmissão irá ampliar a qualidade da energia em Alta Floresta, assim como melhorará o fornecimento da energia de Santa Luzia do Oeste, que também ficará com uma linha de transmissão exclusiva.

 

Em meados de novembro de 2017, a Eletrobrás comprometeu-se em concluir a obra no máximo em 60 dias. Já passaram mais de 180 dias e a obra não foi concluída, e pior, está no compasso do devagar quase parando. Essa falta de compromisso da Eletrobrás com o prometido levou os parlamentares a se revoltarem, e exigir da empresa que de seu jeito e conclua a obra o mais rápido possível.

 

“Nós não aceitamos essa lentidão na construção da obra. A Eletrobrás Rondônia tem que se virar para resolver isso o quanto antes.  Nós não vamos tolerar esse tipo de comportamento da Eletrobrás, essa morosidade, na realidade, esse desrespeito com a população de Alta Floresta e Santa Luzia”, disse Jean Oliveira.

 

O diretor da Eletrobrás Distribuição Rondônia, Efrain Cruz, pediu desculpas aos parlamentares e a população de Alta Floresta e Santa Luzia e prometeu acelerar os trabalhos da obra e fazer uma diligência para que a obra seja concluída no máximo em 30 dias. “A demora é muito grande e nós parlamentares não aceitamos esse desrespeito”, disse o deputado Jean Oliveira.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS