close
logorovivo2

ESPAÇO ABERTO: Discussão no partido do prefeito pode pôr em risco futuras alianças

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO

12 de Fevereiro de 2019 às 08:31

ESPAÇO ABERTO: Discussão no partido do prefeito pode pôr em risco futuras alianças

FOTO: (Rondoniaovivo)

ACABOU A PACIÊNCIA


Moradores do bairro São Francisco, na zona Leste da capital, mais precisamente os  da  Rua Dos Farrapos, resolveram acabar com o direito de ir e vir das pessoas por conta do abandono da rua e dos riscos de acidentes. Na semana passada, a população chegou a sinalizar a rua colocando pedaços de madeira dentro dos buracos. Com a chuva desta segunda-feira (11) a situação se agravou e nem o entulho já resolve mais o problema. Então o jeito acabou sendo bloquear tudo de vez.  

 

 

 


BOECHAT


Conheci Boechat quando trabalhei na TV Bandeirantes em São Paulo. Nunca o vi  mau humorado ou sendo desrespeitoso com algum colega. Me chamava a atenção o seu conhecimento sobre o tema que estava debatendo e a postura diante de fatos considerados injustos, ilegais, abusivos. Ao acompanhar os comentários de Boechat na Tv e no rádio tive a certeza que não estava errado em ser parcial no jornalismo. Sempre achei que o jornalista tem que ser parcial sim, pelo que é correto. Não é opinião, são os fatos e o conceito coletivo que demonstram determinada coisa que não há como dizer o contrário.  Boechat era assim. A internet dispõe de inúmeros vídeos com comentários enfáticos e contundentes dele tanto sobre política, como direito, economia, serviço público.  Vai fazer falta no meio jornalístico mas como dizia Suassuna: Boechat “ cumpriu sua sentença”, encontrou-se com o único mal irremediável porque tudo que é vivo, morre.

 

 

 


TRANSPORTE COLETIVO


A bagunça no transporte coletivo de Porto Velho parece não ter fim. Agora a confusão é  com os cartões SIM. No sábado foi feito um plantão na empresa Madeira Soluções, uma terceirizada que presta serviço para a prefeitura, no sentido de desbloquear cartões e abastecer aqueles que estavam sem crédito. Agora a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), divulgou nota solicitando aos estudantes que tiveram o Cartão SIM bloqueado, de novo, que compareçam à sede da Madeira Soluções, na Rua Rogério Weber, em frente a Praça Marechal Rondon, no centro da cidade, em horário comercial, para fazer o desbloqueio.


Disseram também, que uma pequena falha apresentada no sistema já foi corrigida, e que o desbloqueio dos cartões já está sendo feito normalmente e de forma rápida. Conforme a Semtran, o bloqueio aconteceu porque muitos estudantes tentaram utilizar os cartões após o dia 31 de dezembro de 2018, data limite estabelecida pelo Consórcio. Quanto aos demais usuários do transporte coletivo, esses podem utilizar os cartões normalmente. Não dá para entender porque estabelecer um limite de uso se já existe um limite de crédito no cartão. Quer dizer então que se o usuário, no casos os estudantes, não tivessem usado o crédito no cartão dentro do ano letivo perderiam direito ao transporte? Alguém precisa ler o Código de Defesa do Consumidor antes de estabelecer regras que possam lesar os usuários.

 

 

 

 


ESTRANHOS NO NINHO


Pode terminar em um grande racha uma briga interna no PSDB da capital. Seria o estopim para que algumas lideranças descontentes, e põe desconte nisso, colocassem a boca no trombone e “pedissem as contas” de vez. Há um sério do risco do prefeito e outros parlamentares criarem, oficialmente, seus grupos pessoais e mandarem o resto para as cucuias. Em uma conversa divulgada nas redes sociais, ocorrida em um grupo de whatsapp de membros do partido, são feitas críticas as participações dos ex-deputados federais Garçon(PRB) e Luís Claúdio(PR) na administração Hildon Chaves, em Porto Velho. O primeiro assumirá a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo (Semdestur) e o segundo a Secretaria Municipal de Agricultura de Abastecimento(Semagric).Vale lembrar que ambos foram derrotados nas urnas nas últimas eleições.

 

Filiados disseram que o tal “fogo amigo” pode comprometer de vez a administração Hildon Chaves. No bate papo por rede social também foi questionada a liderança de uma deputada federal, que é presidente do PSDB no estado e a influência de sua família dentro do ninho tucano. Pelo teor da conversa a deputada estaria perdendo o controle da sigla e gerando mais adversários que aliados entre os seus correligionários. Aguardemos o próximo capítulo.

 

 

NOVO JUIZ NO TRE


Nesta terça-feira (12), o juiz de Direito Álvaro Kalix Ferro será empossado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), às 16h, no plenário do órgão. Ele fará parte da Corte Eleitoral durante o biênio 2019/2021 como juiz membro. Atualmente, o magistrado é titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, em Porto Velho (RO). 

 

 

ANO LETIVO


Nesta segunda-feira (11) começou o ano letivo em 411 escolas estaduais de Rondônia. São mais de 250 mil alunos que retornam às aulas. Afinados no discurso, o Governador Marcos Rocha e o Secretário Estadual de Educação, Suamy Abreu, enfatizaram que a grande meta para este ano é melhorar a qualidade do ensino e colocar Rondônia entre os índices aceitáveis do IDEB. Por outro lado, a vereadora Cristiane Lopes (PP) protocolou na Câmara Municipal de Porto Velho, um chamamento aos secretários municipais de Transporte e Educação para que os mesmos prestem os devidos esclarecimentos sobre os problemas relacionados ao Transporte Coletivo e ao Transporte Escolar Rural da Capital, além da programação para o início do Ano Letivo. Vale lembrar que em Porto Velho tem criança da zona rural que ainda precisa concluir o ano letivo de 2018.

 

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS