close

ESPAÇO ABERTO: Marcos Rocha revoga decreto de Daniel Pereira e despeja jornalistas

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO

14 de Fevereiro de 2019 às 09:20

ESPAÇO ABERTO: Marcos Rocha revoga decreto de Daniel Pereira e despeja jornalistas

FOTO: (Rondoniaovivo)

RECLAMOU DO GOVERNADOR


O deputado estadual Marcelo Cruz disse durante a solenidade de aniversário de Candeias do Jamari, nesta quarta-feira (13), que o governador Marcos Rocha precisa se aproximar do legislativo, sentar com cada um dos deputados e discutir as prioridades do Estado. Quem estava na cerimônia percebeu que Marcelo já tem uma posição firme quanto ao comportamento entre Governo e deputados. Entre outras coisas quis dizer que sem diálogo Marcos Rocha terá poucas chances de aprovar até mesmo nome de praça.

 

 

 

 

ANIVERSÁRIO DE CANDEIAS


A chuva atrapalhou mas não tirou o brilho do aniversário de Candeias. Os festejos tiveram atividades de lazer, recreação, saúde e atendimento jurídico. O prefeito, sempre muito cobrado em relação a investimentos e melhorias, disse que já há um planejamento de emendas parlamentares que em breve já começarão a chegar. Luiz Ikenohuchi garantiu que áreas como saúde e obras terão total prioridade. Afirmou que em 90 dias a população terá uma grande surpresa.

 

 


VEREADORES NÃO APARECERAM


Os moradores de Candeias parecem que nem perceberam a falta da maioria dos vereadores da cidade que não apareceram na solenidade de 27 anos do município. Dos 09 parlamentares que integram a câmara municipal apenas dois estiveram no evento. A vereadora  Zilmar Domingues e o vereador Aussemir Almeida. Em conversas reservadas, os dois vereadores lamentaram a ausência dos colegas. 

 


DINHEIRO NO CAIXA


Por falar no prefeito de Candeias do Jamari, Luiz Ikenohuchi, ele  está se preparando para uma cartada de mestre no município. Descobriu que a cidade tem direito a pouco mais de 3 milhões de reais que foram pagos equivocadamente junto as guias de recolhimento do FGTS e de informações à Previdência Social. Tudo indica que em menos de 30 dias parte desse valor já começará a entrar nos cofres públicos.

 


MARIA DA PENHA


Durante o aniversário de Candeias do Jamari a Patrulha Maria da Penha, subordinada ao 5º Batalhão da Polícia Militar, com sede na capital,  também esteve presente com uma equipe de policiais. Segundo a sargento Rozeneide da Costa Lopes, que comanda a patrulha, a presença da equipe no evento teve como finalidade alertar a população, principalmente as mulheres, de que há uma equipe específica para atender a cidade em casos identificados como Maria da Penha. 

 

 

Patrulha Maria da Penha de Candeias

 

 

SEM ÔNIBUS


Leitora da coluna mandou e-mail querendo saber o que está havendo com o transporte coletivo. Veja a mensagem original que recebemos:


Gostaria de saber como está a real situação dos coletivos... Pois hoje depois de uma espera de mais de uma hora na linha do Presidente Roosevelt, fui informada que tem apenas uma unidade para cada linha... Algumas linhas não tem mais nenhuma unidade de ônibus... Lembrando que as aulas já iniciaram e estão recarregando normalmente os cartões do sim, porém os usuários ficam sem garantia de serviço... Precisamos de uma solução rápida para esse enorme transtorno que teve início ainda na gestão do Dr. Mauro Nasif e o atual prefeito disse que seria prioridade...


Feito o registro.

 

 

ABUSO NA TARIFA DE ENERGIA


Leitora da coluna que mora no bairro Nova Porto velho escreve indignada. Enviou fotos dizendo que o valor da fatura de energia este mês é completamente absurdo. A conta chegou a R$ 322,85. A consumidora, que afirma morar sozinha e ter apenas uma central de ar em casa, conta que os valores médios com energia elétrica variam entre R$ 150,00 e R$ 170,00. Garante que neste mês não mudou em nada sua rotina em casa no entanto a conta de energia deu um salto exorbitante. Não é a toa que várias manifestações já estão sendo programadas em Rondônia por conta dos valores altíssimos cobrados pela Energisa que briga na justiça pela manutenção de um reajuste de 27% nas contas dos rondonienses. 

 

 

 

 

GUERRA CONTRA O AUMENTO DA ENERGIA


Aproveitando a manifestação da leitora que nos escreveu vale lembrar que o  Conselho Estadual de Defesa do Consumidor do Estado de Rondônia (Condecon) se reuniu na tarde de terça-feira (12) com diversas entidades da sociedade civil organizada, a maioria do setor produtivo e empresarial, para acertar os últimos detalhes de um grande manifesto que acontecerá em todo o estado na próxima sexta-feira (15), às 16h00, nas sedes da nova concessionária de energia elétrica em Rondônia, a Energisa.


 
As entidades, que logo após o encontro divulgaram um vídeo nas redes sociais convocando a população para o ato, prometem protestar contra o aumento na tarifa de energia elétrica que julgam abusivo, na ordem de até 27,5%.


 
Na oportunidade, entidades como a Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio), Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (Facer), Associação Comercial e Empresarial de Porto Velho (Acer), Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia), Associação Cidade Verde de Defesa do Consumidor (ACV), Associação das Indústrias Frigoríficas do Estado de Rondônia (Afrig), Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sinduscon), Sindicato das Micro e Pequenas Indústrias de Rondônia (Simpi) e a Grande Loja Maçônica de Rondônia (Glomaron) manifestaram seu irrestrito apoio pelo manifesto de repúdio ao aumento.


 
Alguns deles, como a Afrig e o Sinduscon expressaram a preocupação com os custos do aumento da tarifa de energia, os quais devem refletir no preço da carne e dos serviços para o consumidor final.

 


 
GUERRA AOS TAXISTAS

 

A manifestação dos taxistas nesta quarta-feira (13), em frente à Semtran, revela o que já era esperado. A prefeitura permitiu o caos no transporte público, fez vistas grossas aos taxis compartilhados porque no momento de greve era conveniente amenizar a incompetência da gestão municipal, e agora ameaça recolher todos os veículos que colocaram faixas amarelas se identificando como compartilhado. Diante do aviso dado pelo Secretário Municipal de Trânsito, Nilton Kissner, de que a prefeitura vai notificar, multar e recolher quem for compartilhado e estiver atuando como tal, a categoria resolveu facilitar a vida da Semtran. Motoristas estacionaram mais de 50 veículos no pátio da secretaria e prometeram deixá-los lá até que a prefeitura reveja essa postura. No fim da tarde, os carros foram retirados do local após o secretário Kissner agendar para hoje uma reunião com a categoria e tentar resolver o impasse.

 

 

 

 

 

OPERAÇÃO DE GUERRA   

 

Porto Velho vive desde ontem uma situação de segurança não muito comum. Centenas de militares do exército estão responsáveis pela segurança no Presídio Federal de Rondônia. Foram montadas barricadas em uma área de 10km no entorno do presídio. Os  militares estão equipados com fuzis, metralhadoras e granadas. Segundo o comando da 17º Brigada de Infantaria de Selva a ação é em cumprimento a um decreto  presidencial que determinou a transferência de 22 presos, entre eles Marcola, chefe do PCC,  para presídios federais. No caso de Rondônia, além de Marcola devem ficar mais 04 condenados. Essa medida do Governo Federal foi tomada após a descoberta pelas autoridades de um plano para resgatar chefes de facção criminosa e execução de membros do judiciário como juízes e promotores. De acordo com investigações as ações previam uso de helicópteros, aviões, lança foguetes, granadas e explosivos de alto poder de destruição. A execução dos planos seria feita por grupos formados por homens  treinados em fazendas na Bolívia, originários de várias nacionalidades, incluindo soldados com expertise no manuseio de armamento pesado e explosivos. A operação teria veículos blindados, como SUVs e caminhonetes e fuzis calibre 50.

 

 

 

 

 

 

REVOGOU DECISÃO DE DANIEL PEREIRA


O governador Marcos Rocha assinou ordem de despejo para todas as entidades que funcionam nas dependências do estádio Aluízio Ferreira entre elas o Sindicato dos Jornalistas de Rondônia. O sindicato dos árbitros, que também funciona no local, já recebeu o aviso para desocupar o recinto. O Sindicato dos Jornalistas ainda não foi informado oficialmente do despejo. Em dezembro do ano passado, o ex-governador  Daniel Pereira assinou um decreto cedendo o local por 12 meses para o Sinjor. Na visão de Daniel, os jornalistas tem um papel imprescindível no desenvolvimento do Estado e como o Sindicato, que não dispõe de recursos financeiros para custear uma locação,  já ocupava uma sala no estádio poderia permanecer ali até conseguir se organizar.

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS