close
logorovivo2

EM ANÁLISE: Nazif apresenta projetos em favor dos profissionais da enfermagem

O projeto (PL 1607/19) estabelece a duração semanal do trabalho em 30 horas, sem fixar, contudo, a jornada diária

ASSESSORIA

5 de Abril de 2019 às 09:05

EM ANÁLISE: Nazif apresenta projetos em favor dos profissionais da enfermagem

FOTO: (Divulgação)

 O deputado Mauro Nazif (PSB) de Rondônia deu entrada na Câmara, em dois projetos de lei que vão ao encontro às necessidades dos profissionais da enfermagem. O PL 1607/19, que estabelece jornada de 30h semanais, e o PL 1876/19, que fixa o piso salarial, ambos em processo de análise legislativa.

 

O projeto (PL 1607/19) estabelece a duração semanal do trabalho em 30 horas, sem fixar, contudo, a jornada diária. Isto, porque é prática comum que os profissionais da área da saúde trabalhem em sistemas de plantão de 12 ou até de 24 horas, com os correspondentes períodos de descanso.  “Os profissionais da enfermagem, são mal remunerados e vivem constantemente sob stress, e vemos um crescente aumento do número de casos de depressão, é preciso mudar essa realidade”, fala Nazif. Com a redução da jornada de trabalho, os profissionais da enfermagem têm mais tempo para se atualizar e consequentemente aperfeiçoar o atendimento aos pacientes.

 

Quanto à fixação do piso salarial (PL 1876/19), estudos e informações de profissionais de Enfermagem levam à conclusão de que o valor mais próximo do ideal de remuneração desses trabalhadores seria um piso salarial equivalente a R$ 4.650,00, (quatro mil seiscentos e cinquenta reais) para o Enfermeiro, sendo que cinquenta por cento dessa importância seria o piso para o Técnico em Enfermagem, e quarenta por cento, o do Auxiliar de Enfermagem e o da Parteira.

 

"Os profissionais da enfermagem geralmente acumulam mais de um emprego para se manter, tendo um desgaste físico e emocional. Então, não são só os profissionais da área que estão sendo prejudicados, mas todos que necessitam do atendimento. Os dois projetos visam preservar a saúde, segurança e dignidade desses trabalhadores”, conclui Nazif. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS