close

ESPAÇO ABERTO: Polícia Civil afirma que não está faltando combustível nas viaturas

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

8 de Abril de 2019 às 08:36

ESPAÇO ABERTO: Polícia Civil afirma que não está faltando combustível nas viaturas

FOTO: (Rondoniaovivo)

SAÚDE NA ESCOLA


Na próxima segunda-feira (8/4), às 8h30, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), inicia a “Semana de Saúde na Escola”, que tem como tema fortalecer a vigilância e aumentar a cobertura vacinal das vacinas: pentavalente, poliomelite e pneumocócica. Na ocasião também será iniciada a imunização contra a gripe nas crianças até 5 anos e professores.

 

 

 

 

DIA DO JORNALISTA


Nesta segunda-feira (08) pela manhã, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia, tem café da manhã oferecido pela FIERO para os jornalistas da Capital. O evento já é tradicional e serve como homenagem ao trabalho dos jornalistas de Porto Velho que no dia a dia procuram manter a sociedade bem informada.

 

 

2019 SEM HORÁRIO DE VERÃO


Está decidido. O  presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil não terá horário de verão em 2019, disse Bolsonaro durante café da manhã com jornalistas.


Anualmente, em outubro, os relógios são adiantados em uma hora em estados da região Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil. O objetivo da ação é aproveitar melhor a luz do sol durante o verão e evitar o sobrecarregamento do sistema elétrico. Porém, o Ministério de Minas e Energia afirma que desde 2016, estudos apontam efeitos neutros na economia de energia.


O horário de verão foi adotado pela primeira no Brasil em 1931, no governo de Getúlio Vargas, e está em vigor, sem interrupção, há 35 anos.

 


 
NA MÃO DOS BANDIDOS

 

Muitos leitores da coluna pedem informações sobre quem vai ser responsabilizado pela rotina de fugas na Capital. Também gostaríamos de saber e não são poucos os e-mails que mandamos para os órgãos responsáveis que não são respondidos. 

 

Durante a madrugada desta desta sexta-feira (05) mais nove presos fugiram da penitenciária Ênio Pinheiro.  

 


Outras duas fugas recentes já foram registradas na mesma unidade prisional e quase 50 apenados estão nas ruas. Dos nove que fugiram nesta madrugada de sexta-feira, somente dois foram recapturados logo depois.

 

 

VEJA MAIS:

 


 
Os presos novamente serraram grades de celas e "ganharam" as ruas da capital pulando o muro da penitenciária.


 
O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Rondônia (Singeperon) denunciou que a base da Polícia Militar que fica atrás do presídio Ênio Pinheiro está sucateada e não existem militares trabalhando no local, bem como nas guaritas dos presídios, o que ajuda a coibir e impedir tais fugas.

 

 

JUIZ DA VEP

 

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça informou que o juiz Bruno Darwich, da Vara de Execuções Penais, vem acompanhando a situação e recebendo informações diárias sobre a recaptura de presos. O TJ reconhece que a questão é séria e precisa ser apurada no entanto cabe à SEJUS organizar logística tanto para recapturar os foragidos como também evitar as fugas. 

 

 


SEM COMBUSTÍVEL

 

Na sexta-feira (05) circulava em redes sociais que a Polícia Civil de Rondônia estaria sem combustível nas viaturas por falta de pagamento de fornecedores. Rapidamente a notícia se espalhou junto com vários rumores de que o atendimento do dia a dia poderia ser comprometido. Em conversa com o colunista, o delegado Anderson Fernandes Melo, gerente administrativo e financeiro da PC, disse que a informação era Fake. De acordo com Anderson, todos os carros da Polícia Civil estavam sendo abastecidos normalmente. 

 

 

PONTE MÓVEL

 

Tenente-Coronel Anderson Moraes, comandante do 5º BEC (Batalhão de Engenharia e Construção ) informa que já mandou toda a estrutura necessária para a construção de uma ponte móvel na BR 230. Uma ponte de madeira caiu em um trecho localizado entre Humaitá e Apuí, no Sul do Amazonas. A chuva também teria deixado vários trechos da estrada completamente intransitáveis.  A região de Santo Antônio do Matupi, no km 180, e também o Apuí estariam  passando dificuldades  com  falta de alimentos e combustíveis. Segundo o coronel Moraes, o Dnit, em Humaitá, teria ficado responsável pela logística com máquinas para viabilizar a chegada da estrutura militar até o local onde a ponte vai ser montada.

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS