close
logorovivo2

ESPAÇO ABERTO: Nossa sucuri e outras espécies estão ameaçadas e podem sumir de vez

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

9 de Maio de 2019 às 08:47

ESPAÇO ABERTO: Nossa sucuri e outras espécies estão ameaçadas e podem sumir de vez

FOTO: (Rondoniaovivo)

BOLSONARO CHAMA ATENÇÃO DE MILITARES E ESQUECE DOS FILHOS


O presidente Jair Bolsonaro ordenou que os militares em seu governo parem de alimentar polêmicas, ignorando as provocações nas redes sociais, mas esqueceu de mandar o recado aos próprios filhos e a turma do polemista Olavo de Carvalho. Militares seguem a hierarquia e a disciplina como cláusulas pétreas, como se diz na caserna, e a tendência é obedecer. Mas os ânimos, a paciência e as regras de conduta sensata chegaram no limite com as referências grosseiras ao general Eduardo Villas Bôas.

 

 

EXEMPLO DEVE VIR DE CASA


Enquanto ordenava aos militares “virar a página”, seu filho deputado Eduardo Bolsonaro, alheio a tudo, continuava no ataque. Generais muito próximos ao presidente disseram a ele, ainda na terça, que seus filhos precisam ser “parte da solução” e não do problema. 

 

 

 

 


OPINADOR INCONSEQUENTE


Olavo de Carvalho definiu Villas Bôas, ex-comandante, muito admirado nas Forças Armadas, como “um doente preso a uma cadeira de rodas”. Líder no Exército e nas Forças Armadas, Villas Bôas emociona os militares com a sua luta pela vida. Atacá-lo, para eles, é ato covarde e não pode ficar sem resposta. Alheio ao bom senso, Olavo parece ser um sujeito frustrado com o Mundo talvez por apenas o espelho o admirar sem arriscar um comentário.

 


PRA QUE A LEI


O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral é contra o projeto que altera a lei eleitoral, que anistia partidos que descumpriram a cota do fundão para mulheres e permite comissões provisórias de até 8 anos. Essa é a legítima lei criada por conveniência. Se for aprovada a alteração será um excelente exemplo de que a Lei de Gerson ainda deve prevalecer.

 


VENDA DIRETA


O diretor geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, defendeu o avanço da verticalização no setor de combustíveis, com a condução de propostas pela Superintendência de Distribuição e Logística (SDL). O objetivo é que as regulamentações sejam aprovadas em 90 dias, passando por consultas e audiências públicas.


No ano passado, Tomadas Públicas de Contribuições (TPCs) debateram a venda direta de etanol pelas usinas aos postos de combustíveis; o fim da fidelidade à bandeira; e a verticalização da cadeia.


A recomendação do diretor geral é de que o processo ocorra em duas etapas. Em um primeiro momento seria permitido a venda de gasolina C e de etanol hidratado aos revendedores varejistas e postos de abastecimento, sendo mantida a obrigatoriedade da mistura de combustíveis fósseis e biocombustíveis.


Na segunda etapa ocorreria a abertura de mercado, com a permissão da compra direta de gasolina e diesel nas refinarias, e de etanol hidratado nas usinas. Nesse processo, começaria a ser permitido também que distribuidoras do varejo de combustível comprem postos, o que hoje é proibido.

 


CADA VEZ MAIS RAROS


As taxas de extinção de espécies animais e vegetais estão aumentando em uma escala sem precedentes. A abundância média de espécies nativas na maioria dos principais hábitats terrestres caiu em, pelo menos, 20%, principalmente desde 1900. Mais de 40% das espécies de anfíbios, quase 33% dos corais e mais de um terço de todos os mamíferos estão ameaçados.


Essa perda é resultado direto da atividade humana e constitui uma grave ameaça ao bem-estar humano em todas as regiões do mundo, alerta um grupo de cientistas de 50 países, incluindo do Brasil. Eles são autores da primeira avaliação global do estado da natureza da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES, na sigla em inglês).


O sumário para os formuladores de políticas do relatório foi lançado nesta segunda-feira (06/05), em Paris, após ter sido aprovado por 132 países durante a sétima sessão plenária do órgão, chamado de “IPCC para a biodiversidade”, que aconteceu na semana passada na capital francesa.


Elaborado ao longo dos últimos três anos por 145 especialistas, com contribuições de outros 310 autores, o relatório avaliou mudanças na biodiversidade e nos serviços ecossistêmicos – como o fornecimento de alimentos e de água – durante as últimas cinco décadas. Para isso, foi feita uma revisão sistemática de cerca de 15 mil fontes científicas, governamentais e de conhecimento indígena e de comunidades tradicionais.

 

 

SERPENTÁRIO


Apostando no potencial do Parque Natural de Porto Velho, a maior unidade de conservação municipal, com mais de 390 hectares, a Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), desenvolveu projeto base para implantação do primeiro ‘serpentário’ da região Norte. Com uma variedade de espécies no parque, Porto Velho poderia se tornar um dos fornecedores de veneno, matéria-prima na produção de diversos medicamentos para cura de doenças humanas, como: tratamento do câncer, hipertensão, cola cicatrizante, entre outras e o próprio soro antiofídico. 


O projeto contempla a construção de um laboratório para coleta, espaço para visitação e também para atividades de educação ambiental. Buscando apoio para a implantação e por se tratar de uma construção que exige bastante atenção e planejamento, o projeto foi apresentado ao senador Confúcio Moura, que recentemente manifestou a preocupação com a falta de soro em unidades de saúde do Estado.

 

 

 

 

 

BENEFICENTE

 

 Rise Church realiza no próximo sábado, dia 11 de maio o “Bazar Rise”. A ideia é angariar fundos para a compra do som da igreja que será oficialmente inaugurada ainda neste ano em Porto Velho. Serão roupas, calçados, acessórios e eletro eletrônicos vendidos a um preço simbólico. Também serão ofertados serviços de beleza, como maquiagem, serviços de barbearia e design de sobrancelhas.
O evento acontecerá durante todo o sábado, a partir das 09 horas na rua Joaquim Nabuco, nº 1889, no centro da capital. Segundo informações da própria equipe da organização, os preços das roupas por exemplo, vão de R$ 3 a R$ 20.

 

 

 

 


SOLIDÁRIO


No próximo sábado, dia 11, tem O Chá da Rosetta. Evento solidário com música, bingo, brincadeiras e sorteio de brindes. A Casa Família Rosetta é uma entidade que cuida e recupera dependentes químicos. O evento será realizado a partir das 17h30 na Casablanca Cerimonial e Eventos, localizada na avenida Calama, 2102, bairro São João Bosco. Informações e convites podem ser adquiridos pelo telefone: (69) 99289-2077

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS