close

AÇÃO: Léo Moraes busca solução para João Paulo II com Ministro da Saúde

Léo Moraes disse que irá se reunir com a bancada rondoniense em Brasília e propor que cada um encaminhe R$ 10 milhões de suas emendas

DA REDAÇÃO

20 de Maio de 2019 às 15:46

AÇÃO: Léo Moraes busca solução para João Paulo II com Ministro da Saúde

FOTO: (Divulgação)

Nesta última semana o deputado federal Léo Moraes (PODE) se encontrou com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e falou sobre a problemática envolvendo o pronto socorro João Paulo II e a necessidade do fortalecimento da saúde nos polos municipais do Estado.

 

Durante seus últimos mandatos, veredor de Porto Velho e deputado estadual em Rondônia, Léo Moraes sempre esteve à frente de comissões de fiscalização nas unidades de saúde do Estado, além da elaboração de projetos e busca de recursos para melhorar a qualidade desse serviço. 

 

De acordo com Moraes é necessário que a bancada de Rondônia se esforce para resolver esse problema e consequentemente a estruturação das unidades de pronto atendimento no interior, evitando que o paciente tenha que sair de sua região para buscar atendimento na capital.

 

“Fiz uma proposta ao Ministro para que a nossa bancada colabore com o apoio necessário e temos sentido a boa vontade de todos, sem exceção, em cumprir a obrigação de recuperar o nosso Hospital da Capital e fortalecer o interior”, afirmou Léo Moraes.

 

Para o ministro Luiz Mandetta, já estão sendo realizados trabalhos para minimizar esse problema em Porto Velho, porém é necessário um bom projeto com as boas condições de higiene e engenharia hospitalar.

 

“Com a bancada de Rondônia, Governo do Estado e Ministério da Saúde, nós podemos virar esse jogo, assim é que funciona, tem que primeiro ver as necessidades, faz um bom projeto, articulamos com a bancada e separamos o recurso, tenho certeza que dessa forma tudo vai ser resolvido”, disse o ministro Luiz Mandetta.

 

Léo Moraes disse que irá se reunir com a bancada rondoniense em Brasília e propor que cada um encaminhe R$ 10 milhões de suas emendas parlamentares para que seja promovida a ação que colocará um ponto final no sofrimento causado as rondonienses que precisam de socorro no João Paulo II.

 

“Quando se tem boa vontade, sabemos que não falta recurso. Caso se concretize, temos consciência que será uma obra que marcará a vida de todos”, finalizou Léo Moraes.

 

Recentemente uma operação promovida pela Secretaria Estadual de Saúde conseguiu retirar os pacientes que estavam internados na varanda interna do hospital e os encaminharam para unidades de saúde conveniadas.

 

O deputado deverá se reunir novamente com a bancada rondoniense em Brasília juntamente como ministro Mandetta para dar início aos trabalhos.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS