close

AVENIDA MAMORÉ: Vereadora Ada Dantas fiscaliza obra abandonada pela prefeitura na zona leste

Ada Dantas afirmou que, segundo informações, a empresa responsável não concluiu a obra porque não havia recebido o pagamento por parte da prefeitura

ASSESSORIA

4 de Junho de 2019 às 17:13

AVENIDA MAMORÉ: Vereadora Ada Dantas fiscaliza obra abandonada pela prefeitura na zona leste

FOTO: (Assessoria)

Atendendo à solicitação de populares, a vereadora Ada Dantas Boabaid (PMN) foi até o trecho da Avenida Mamoré que divide o Bairro Cascalheira com o Bairro Flamboyant, para fiscalizar a obra que foi inicializada pela Prefeitura de Porto Velho, mas que encontra-se parada. O objetivo era a instalação de galeria fluvial para o escoamento da água com custo superior a R$11 milhões de reais.

 

Conforme informou o morador Vinícius Amaral, em determinada parte da obra os trabalhadores simplesmente começaram a parar de ir para o serviço e, aos poucos, os maquinários foram retirados para a realização de obras em outros pontos da cidade. Por fim, a obra parou totalmente, restando apenas a enorme vala aberta, com entulho, terra e placas de sinalização ao seu redor.

 

 

 

 

O prefeito vinha aqui, era tudo lindo, todo mundo trabalhando, maquinário rodando, e todo mundo se iludiu achando que ia dar certo, e o nosso resultado é esse aqui: muitos acidentes, reclamação, poeira... acho que o prefeito só vai fazer alguma coisa quando alguém morrer”, desabafou Amaral.

 

Ada Dantas afirmou que, segundo informações, a empresa responsável não concluiu a obra porque não havia recebido o pagamento por parte da prefeitura, além de que os maquinários são de outra empresa.

 

A vereadora conversou com o morador Nato, que tem a residência bem em frente a vala aberta para a instalação da galeria. O cidadão reclamou da obra, pois ele trabalha a noite e quando chega do trabalho corre o risco de assalto. Além disso, precisa deixar seu carro em um posto de combustíveis, pois não tem como entrar em casa com o veículo.

 

 

 

 

Estou há quatro meses sem conseguir entrar com meu carro em casa, está um transtorno. Já sofri até tentativa de assalto”, disse o morador, alegando que os trabalhadores acumularam madeiras em seu muro e criminosos utilizaram para danificar a cerca elétrica e invadir o imóvel.

 

Questionado por Ada Dantas se a prefeitura, alguma secretaria ou a própria empresa que estava realizando a obra, deu prazo de conclusão do serviço, Nato afirmou que nunca foi relatado sobre o término da obra. “O rapaz que trabalhava aqui só disse que a obra ia até lá perto da faculdade e iria parar”.

 

Ada Dantas encaminhará documento para a Subsecretaria Municipal de Obras e Pavimentação (Suop), cobrando informações sobre os motivos que levaram a paralisação dos trabalhos, bem como o retorno o mais breve possível desta tão importante obra na zona leste da capital.

 

“Farei as cobranças devidas para que os trabalhos sejam retomados na Avenida Mamoré o quanto antes. Nesse trecho apenas um lado da avenida está sendo usado como mão dupla, oferecendo riscos aos motoristas e pedestres. Precisamos garantir a segurança e melhor qualidade no trânsito”, concluiu Ada Dantas Boabaid.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS