close

PAUTAS: Senador Confúcio comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente

Parlamentar evidenciou também o importante trabalho dos catadores de lixo e a necessidade de reciclar os lixos eletrônicos

ASSESSORIA

7 de Junho de 2019 às 11:32

PAUTAS: Senador Confúcio comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente

FOTO: (Assessoria)

Na quarta-feira (5), na Comissão de Meio Ambiente (CMA), o senador Confúcio Moura (MDB/RO) destacou os principais projetos da pasta que tramitam no Senado Federal e na Câmara dos Deputados. Políticas de saneamento, cuidados com os lençóis freáticos – principalmente pelo risco de contaminação com o esgoto ao céu aberto –, e regulamentação das construções urbanas, com o aproveitamento da luz natural e ventilação.


Os assuntos são diversos, mas circulam no mesmo eixo: o cuidado e a proteção dos recursos naturais. Neste contexto, o parlamentar enfatizou o trabalho desenvolvido pelos catadores de lixo. “Faço uma homenagem a todos catadores do Brasil, que fazem um trabalho anônimo, fantástico, com pouca ou nenhuma estrutura. Mulheres e homens, madrugada a dentro, com carroças puxadas a burro ou a mão, muitas vezes sem luva, separando o lixo. Muitos, a maioria, ganham menos de um salário mínimo por mês”.

 

Do material recolhido na rua, observa-se o descarte de lixo eletrônico, cuja composição pode contaminar rios e solos. “Temos aproximadamente 500 milhões de aparelhos eletroeletrônicos sem uso nas casas dos brasileiros. O número de celulares ultrapassa a nossa população. E as baterias vão se esgotando, sem lugar adequado para o descarte. Elas são compostas por chumbo, bromo, mercúrio e outros produtos que, quando jogados nos lixões, contaminam os lençóis freáticos”, alerta Confúcio.

 

 

Em tempo

 

O senador Confúcio apresentou no dia 23 de maio, na Comissão de Meio Ambiente (CMA), o requerimento nº26/2019, com o pedido de uma audiência pública para debater a destinação do lixo eletrônico, também conhecido como e-lixo. Estima-se que a reciclagem do material tem potencial para gerar mais de dez mil empregos e injetar R$ 700 milhões na economia brasileira.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS