close

PARTIU ÁSIA: Manifestantes ocupam Câmara de Vereadores e Hildon parte para a Coreia

Um dos motivos alegados para a viagem do prefeito é o intercâmbio cultural com o país asiático

DA REDAÇÃO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

6 de Novembro de 2019 às 15:16

PARTIU ÁSIA: Manifestantes ocupam Câmara de Vereadores e Hildon parte para a Coreia

FOTO: (Divulgação)

O prefeito do município de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), está em diligência para a cidade de Seul, na Coreia do Sul, onde irá participar da solenidade de assinatura de um pacto de ações entre a capital rondoniense e o distrito coreano de Namyangju.

 

A viagem oficial vai durar 13 dias e meio e contará com uma comitiva de servidores e representantes industriais do Estado. Porém, de acordo com o próprio prefeito, o motivo da viagem será inicialmente o intercâmbio de culturas.

 

“O objetivo desse tratado é o intercâmbio cultural, intercâmbio educacional e também investimentos em tecnologia Sul-coreana aqui em Rondônia. Além disso, teremos reuniões com empresários”, explica Basílio Oliveira, secretário-geral de governo da prefeitura da capital.

 

Diárias pagas

 

Junto com Chaves na ida para a Coreia está o secretário geral de governo, Basílio de Oliveira, que já teve suas diárias lançadas no Diário Oficial do Município.  Além das diárias que irão cair em sua conta após retornar da viagem internacional, que terá todos os custos arcados pela prefeitura, o chefe da secretaria de governo de Porto Velho também terá direito a uma adicional de 50% pelo deslocamento realizado.

 

Vale ressaltar que no mesmo dia em que Hildon parte para terras asiáticas, a Câmara Municipal de Porto Velho está tomada por índios da etnia Kaxarari que exigem melhorias nas estradas e na estrutura da escola da região.

 

Hildon retorna à Porto Velho apenas na próxima semana.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS