close

COPA: França cita desgaste da Croácia, mas nega favoritismo para a final no Lujniki

Umtiti e Pogba disseram que os croatas não sentirão peso das jornadas extras na Copa

UOL

12 de Julho de 2018 às 10:57

COPA: França cita desgaste da Croácia, mas nega favoritismo para a final no Lujniki

FOTO: (Divulgação)

A seleção francesa sabe que a trajetória da Croácia até a disputa da final da Copa foi muito mais árdua, mas avalia que o desgaste do rival não pesará para a decisão de domingo. O time croata encarou três prorrogações nas fases de mata-mata do Mundial, enquanto os franceses liquidaram seus adversários nos 90 minutos.

 

Umtiti e Pogba concederam entrevista coletiva nesta quinta-feira. Os dois entoaram o discurso de que a França não chega como favorita para o último jogo da Copa da Rússia.

 

Autor do gol da vitória sobre a Bélgica, nas semis, o zagueiro Umtiti comentou sobre o provável comportamento da Croácia na final.

 

"Fisicamente, eles [croatas] podem estar fatigados porque jogaram três prorrogações, mas esta será uma final de Copa do Mundo. Isso não fará diferença. Jogarão tudo", disse o atleta do Barcelona.

 

Nos seis jogos da Copa, a seleção da Croácia correu 723,9 km, contando cada atleta croata. Os franceses, somados, correram 607,5 km.

 

Pogba relembrou do duelo vencido pelos franceses contra os croatas na semis da Copa de 98. A França acabou conquistando o Mundial daquele ano.

 

"Croácia fez um grande jogo contra a Inglaterra, mentalmente são muito fortes. E é claro que querem se vingar da derrota em 1998 [na semifinal]. Será uma grande final, e é simples: são dois times e somente um será campeão"

 

Não somos favoritos, avisa Pogba

 

Pogba se diz vacinado contra um eventual clima de já ganhou. O meio-campista deixou nas entrelinhas que a seleção francesa assumiu a condição de favorita na final da Eurocopa de 2016, quando havia superado a Alemanha nas semis por 2 a 0. Mas na decisão do torneio europeu, Portugal levou a melhor e ficou com a taça: 1 a 0.

 

"Na Euro 2016, depois de vencer a Alemanha [na semifinal], ficamos muito confiantes e perdemos a final. Agora vamos estar muito mais concentrados do que dois anos atrás", disse Pogba.

 

"Para nós, não somos favoritos. Estamos do mesmo jeito do início da Copa", acrescentou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS